Tag: cabelos cacheados

Favoritos de 2012 | Rosto, Corpo, Cabelos & Mãos

Favoritos de 2012 | Rosto

1. Vichy | Normaderm Tri-Activ Tratamento Anti-Imperfeições
Estou numa fase de transição. Por muitos anos eu usei toda a linha Normaderm da Vichy, mas minha pele mudou um bocado nos últimos anos e agora estou indo para a linha Cleanance da Avène (já uso o gel de limpeza e o tônico matificante), mas ainda assim, eu tinha dois frascos do hidratante Normaderm aqui e foram eles que eu usei quase o ano todo (até quando eu estava tentando acabar com o Hidrafil, eu usava este hidratante a noite), tanto que minha segunda embalagem está acabando. É um bom produto, manteve minha pele bonita e saudável por bons anos, ajuda a matificar e controlar o excesso de oleosidade, além de diminuir as imperfeições e hidratar a pele. Para quem quer um dermocosmético com uma boa relação custo-benefício, ele vale muito a pena!

2. Vichy | Capital Soleil FPS30 [resenha]
O Minesol Oil Control ainda é meu queridinho, mas não posso negar que o protetor solar deste ano foi o da Vichy. Ele tem textura mais fluida do que o Minesol e por isso acaba rendendo mais, mas ao mesmo tempo não segura tão bem a oleosidade quanto o da RoC. Ainda assim gosto dele. Usei o FPS30 e tenho um FPS50 aqui também que dizem ser mais sequinho, mas ainda não testei. Para quem tem a pele oleosa ele é bem legal e não custa tão caro, tem até uma embalagem menorzinha com preço mais em conta ainda. Só que por enquanto, o Minesol Oil Control vai continuar sendo meu queridinho.

3. Avène | Eau Thermale
Água termal parece frescura mas só quando a gente precisa é que vê como ela é eficiente. Tive algumas reações alérgicas durante o ano e no inverno minha pele ressecou bastante, foi ela quem me salvou. Sempre usei a da Avène, nunca experimentei nenhuma outra e também não vejo a menor necessidade de mudar. Gosto dela porque é um literalmente um banho de hidratação sem pesar. Refresca no calor, acalma queimaduras, auxilia na cicatrização e serve como frescurinha também. Gosto de borrifar depois da maquiagem também, para tirar aquele aspecto de “maquiagem recém-feita”. Enfim, um multi-uso que já apareceu aqui muitas e muitas vezes e que eu simplesmente não largo.

4. Lancôme | Bi-Facil [resenha]
Fiz resenha dele recentemente e é o demaquilante para os olhos que eu mais gosto e o que eu mais uso. Tenho olhos super sensíveis e o Bi-Facil é um dos únicos demaquilantes que consigo usar sem acabar com os olhos vermelhos. Estou na minha segunda embalagem e quando acabar comprarei outro porque ele é caro, mas é muito, muito bom mesmo! Só achei um semelhante até hoje que é o demaquilante bifásico da linha Faces da Panvel. Ele pode ser sim um equivalente muito mais em conta ao produto da Lancôme e às vezes eu até alterno um e outro, mas o Bi-Facil pra mim é único. Vale cada centavo e tira com facilidade até a mais grudenta das máscaras de cílios.

5. St. Ives | Apricot Scrub – Best Choice 2012 [resenha]
Quantas vezes eu já falei deste esfoliante? Indico para todo mundo e desde que o conheci não usei mais nenhum outro (e olha que isso devem fazer quase três anos já). Ele tem grânulos grandes, um cheirinho incrível, é bem consistente, oil free, custa em média R$20, vem neste pote enorme, rende muito, muito, muito e deixa a pele super lisinha e macia! Precisa de mais motivos para amar este esfoliante? Sei que nos EUA tem uma versão especial para quem tem acne e cravos e imagino que deva ser tão incrível quanto esta.

Favoritos de 2012 | Corpo & Cabelo

6. Nivea | Bye-Bye Celulite [resenha]
Estou usando desde outubro e o meu está no finalzinho, mas não esperei acabar e já comprei um kit com dois na Drogaria São Paulo (aliás fica a dica pra quem se interessou: neste kit o segundo produto sai com 50% de desconto e eu paguei em torno de R$46, vale a pena!). Posso não ter usado o ano inteiro, mas gostei tanto do Nivea Bye-Bye Celulite que vale a pena ter ele por aqui. A celulite não some e o meu grau é o 1 (aquele em que só é visível com a contração muscular) e eu tenho notado minha pele mais bonita e firme e uma redução razoável no aspecto geral da celulite. Não é milagre, não substitui exercícios nem tratamentos clínicos, mas é um bom aliado. Pra saber mais, vale a pena dar uma lida na resenha.

7. Johnson’s Baby | Óleo Amendoas
Não sei o que acontece comigo, mas este é um dos meus óleos corporais favoritos. Sim, é de bebê, mas eu simplesmente amo o cheirinho dele e o fato de que a pele fica super hidratada e macia sem fica pegajosa. Não sei porque nunca fiz uma resenha dele por aqui, já que é um produto que eu uso há muitos anos (aliás, sabiam que ele é perfeito para remover resíduos de cera que ficam na pele depois da depilação?), principalmente no inverno, quando bate aquela preguiça de sair do banho e aplicar o hidratante corporal. Amo o Johnson’s Baby Óleo e sei que ele ainda vai morar por muitos anos no meu armário.

8. Avène | Cold Cream Hands [resenha]
Este é outro produto que me acompanha há alguns anos. Já perdi a conta de quantas bisnaguinhas eu usei. Até cheguei a comprar e experimentar outros hidratantes para as mãos, mas desde que fiquei orfã do creme para as mãos da linha Renew Ultimate (saiu de linha), ele é o único que realmente dá certo nas minhas mãos super secas. Hidrata, protege, repara mãos e cutículas. O único defeito dele é não ter fator de proteção solar, porque de resto, ele é ótimo! Para quem sofre com mãos secas, vale a pena procurar.

9. La Roche-Posay | Lipikar Podologics – Best Choice 2012 [resenha]
Ah o Lipikar! Não consigo expressar em palavras o quanto me apaixonei por este produto. O meu acabou e eu ainda não comprei outro e estou apenas sofrendo sem ele. Na resenha contei todos os detalhes do porque este inocente hidratante para os pés tornou-se tão importante pra mim e agora em época de “pés pra fora” ele é mais indispensável ainda. Hidrata mais do que qualquer outro, ajuda a cicatrizar e renovar a pele dos pés, além de diminuir a descamação. Não fico mais sem o Lipikar Podologics. Este é um daqueles produtos que você compra e esquece que existem outros. Usei muito durante este ano e continuarei usando porque igual a ele, simplesmente não há.

10. TRESemmé | Creme para Pentear Flawless Curls [resenha]
Este foi, sem dúvidas, o melhor creme para pentear que eu já usei. E como ele rendeu! Comprei no começo do ano e uso todas as vezes que lavo o cabelo e só agora ele está acabando. O cheirinho é bom, mas nada de extraordinário, mas a hidratação… O cabelo fica super macio, os cachos bem modelados e com volume controlado, além de ajudar a controlar o frizz também. Tenho vários cremes para pentear, leave-ins e finalizadores, mas este é meu favorito! Não troco por nenhum. Além de tudo é fácil de encontrar e super baratinho. Sou louca para testar a linha toda Flawless Curls (especialmente o creme de hidratação).

Menção Honrosa: Clairol | Sleek Smoother [resenha]
Eu não poderia deixar de fora desta lista meu shampoo e condicionador favoritos de todos os tempos. Estou absolutamente encantada com a linha Sleek Smoother! De todos os produtos que tive a oportunidade de experimentar este ano, foi o que mais deixou meus cachos hidratados, macios, com brilho, modelados, com frizz controlado, enfim! Nunca achei que encontraria uma dupla tão perfeita! Uma pena que eles não são tão em conta e também são um pouco difíceis de encontrar, mas para quem tem o cabelo seco e rebelde, vale muito a pena procurar! Os produtos são simplesmente incríveis!

 

Montar post da favoritos com limite de produtos é mais difícil do que parece, haha! Ainda mais em um ano como este que veio cheio de novidades, mais até do que o ano passado, mas fiquei bem feliz com esta lista. Vocês devem ter reparado que os produtos para o rosto não mudaram muito, é que esta é a única área que eu costumo ser meio fiel aos produtos e marcas. Se eu troco, fico sempre no eixo Vichy, Avène e Clinique, são as marcas que me entregam bons resultados e que atendem às necessidades da minha pele. Até por isso eu não mostro muito os produtos para o rosto nos favoritos do mês, porque ficaria um pouco repetitivo.

Mas é isto. Último favoritos do ano e aquela sensação de que 2012 está mesmo acabando.
E vocês? Tem algum produto que foi o(s) favorito(s) do ano? Conta pra mim!

Favoritos de Setembro

Éh Cosméticos | Fluido Anti-Frizz Cacau e Leite de Avelã [resenha]
Acho que este já é meu segundou ou terceiro frasco deste produto. Comprei ele há algum tempo mas acabei não usando, pois tinha outros abertos. No mês passado, quando resgatei ele no meu armário, percebi que o prazo de validade está pra março/2013, então me pareceu uma boa oportunidade para voltar a usá-lo. Gosto muito deste produto para controlar o frizz, ele ajuda a diminuir bem e também deixa os cachos mais bonitos. Isso sem falar no cheirinho que é uma delícia!

DKNY | Pure [resenha]
Eu já havia comentando que esse perfume iria aparecer por aqui. Fiz resenha dele recentemente e estou usando praticamente todos os dias. O Pure tem um cheirinho delicioso e super suave, apesar da fragrância ter como coração a baunilha da Unganda. Achei ele perfeito para a primavera! Levemente doce, com um toque de frescor e muito, mas muito suave! Encontrei um novo perfume para chamar de favorito.

Shiseido | Pureness Matifying Compact [resenha]
Este produto não é novidade por aqui. Já mostrei o Pureness algumas vezes aqui no blog e ele voltou aos meus favoritos com o calor. Acho prático de aplicar e fica perfeito quando uso por cima de algum BB Cream, além de ajudar muito a segurar a oleosidade. Este já é o meu segundo refil (que como vocês podem ver no vídeo, está acabando), mas tenho certeza de que comprarei outro. A Shiseido Pureness, junto com a Revlon ColorStay Oily/Combination Skin, são minhas bases favoritas para pele oleosa.

CoverGirl | Lash Blast Volume [resenha]
Gosto muito desta máscara de cílios! Ela dá bastante volume ao cílios e não empelota. Prefiro ela à superSHOCK da Avon, pois além de dar mais volume, ela não machuca na hora de aplicar. Usei em todas as maquiagens que fiz este mês e o resultado dela foi sempre muito, muito bom! Posso dizer que ela é uma da sminhas favoritas. É uma pena que não seja comercializada no Brasil.

L’Acqua di Fiori | Lápis Carbon Black
Ganhei este lápis da L’Acqua di Fiori há algum tempo e só agora peguei para usar de verdade. Ele é bem preto, mas não é à prova d’água, o que faz com que escorra com facilidade na linha d’água e acumule no canto externo dos olhos. Apesar disso, estou usando por causa da pigmentação e também porque é bem macio. Não é meu favorito, mas para o dia a dia, acho que vai bem.

Quando o Cabelo Apaixonou-se pela Tesoura

Cabelo e mulher costuma ser um terreno delicado, nebuloso, trancado a sete chaves ou psicodélico, sem eiras nem beiras. Meu caso era o primeiro. Há alguns anos, quando eu ainda era escrava da escova e da chapinha, tinha muito medo de cortar os fios e mudar de cabeleireiro. Por anos a mesma profissional cortou o meu cabelo do mesmo jeito: três dedos repicado, mais do que isso era um sacrilégio para quem sempre achou lindo as madeixas compridas e cheias de brilho. Só que, chapinha e secador todo dia detonam os fios, então, chegou um dia em que eu tive que cortar. E lá estava eu, comprimento médio, uma franja mais curta, mas amando meu cabelo mais do que nunca (ou pelo menos assim eu achava).

O tempo foi passando e os demais cortes já não ficaram tão bons quanto o primeiro (isso já aconteceu com vocês?), desanimei e voltei a deixar crescer, até o dia que tomei a decisão de libertar meus cachos de uma vez por todas e isso, foi graças a profissional certa que soube me dizer: seus cachos são lindos, deixe eles aparecerem. E mais uma vez adotei o comprimento médio, super repicado, cheio de balanço e leveza para fazer meus cachos ressurgirem com toda a bossa que só o cabelo cacheado tem. Desde então, o comprimento médio é o único que deixa meu cabelo realmente bonito, que dá a estrutura necessária para o meu cacho, que é grande, aparecer bonito e com forma. Ah se eu soubesse disto antes… Com certeza não seria tão apegada com uma coisa que só cresce: cabelo.

Daí por diante, ir cortar o cabelo não é mais necessidade, é um momento de prazer onde vejo meus cachos ganhando forma e volume. Sim, muito volume! Para quem só queria saber do liso chapado, lambido e escorrido, eu mudei um bocado e amo o volume do meu cabelo! Só que não é só o corte que eu amo muito. Tive a oportunidade de ir ao Studio W com a Wella para pintar e cortar os cabelos com o Wanderlei Nunes. Sai de lá outra pessoa com uma marmorização incrível nos fios! Deu luz, realçou ainda mais os cachos, não danificou e ficou lindo! Sempre tive preconceito com tinturas e descoloração, mas desta vez, fiquei tão, mas tão encantada pelo resultado final que com certeza farei mais vezes.

Mais ou menos depois, fui parar pela segunda vez nas mãos de um cabeleireiro tão incrível quanto o Wanderlei: Júlio Crepaldi. Cortar o cabelo com um bom profissional parece frescura, mas depois deste último corte com o Júlio, meu mudo mudou. Ele literalmente construiu o meu cabelo, mecha por mecha. Primeiro à seco e com escova, para repicar bem e tirar as pontas duplas, depois molhado, sentido o peso dos fios e o que eles precisavam. Acho que, sem sombra de dúvidas, foi o melhor corte de cabelo que fiz na vida! Meus cachos nunca ficaram tão bonitos! A Cinthya e a Maraisa também cortaram com ele e sentiram a diferença de um bom corte.

Então, pra você que está aí no dilema do “corto ou não corto”, fica a dica: corte! Se vai ficar bom, depende do profissional e das suas expectativas, mas às vezes mudanças como estas é o que nós precisamos para dar um “up” na alto estima. E que jeito melhor de mudar do que passando a testoura?

Testei: Clairol Sleek Smoother

 

Eu testo tantos, mas tantos produtos para cabelos que acho que pouca coisa me surpreende. Se alguém ainda não sabe, meu cabelo é cacheado o que é sinônimo de cabelo seco, muito seco por sinal e o fio também é bem grosso. Costumo usar produtos hidratantes e emolientes, específicos para cachos ou para cabelos secos e rebeldes. De Seda à Kérastase, já usei de tudo um pouco e posso dizer: nem sempre o mais caro é o melhor. Prova disso são os produtos da Clairol que eu recebi para testar. Esta dupla de shampoo e condicionador foi a única que realmente me surpreendeu este ano (pelo menos até agora). Não conhecia a marca e fiquei mais do que feliz por ter tido a oportunidade de experimentar os produtos.

 

Sleek Smoother Shampoo para Cabelos Indisciplinados

O shampoo para cabelos indisciplinados suaviza o cabelo frizzado visivelmente depois do primeiro uso. Também condiciona o cabelo. Fórmula profissional exclusiva com óleo de abacate e óleo de gérmen de trigo.

Quando eu li que este era um shampoo condicionante me animei, mas achei mais do que necessário usar um shampoo de limpeza antes (estava usando o Seda Pró-Natural Pureza Refrescante, mas agora vou mudar) para tirar todo o excesso de leave-in, deixando o caminho livre para o produto fazer seu trabalho. Este shampoo é bem branquinho e perolado, muito, mas muito hidratante mesmo! Fiquei impressionada em ver como só o shampoo já deixou meu cabelo soltinho e macio. Não acreditei muito na promessa de resultados visíveis na primeira aplicação mas paguei a língua logo no enxague. Ele é muito bom!

Uma pequena quantidade é o suficiente para lavar todo o meu cabelo que tem comprimento médio, ele faz bastante espuma e realmente lava e hidrata os fios. O cheirinho é muito gostoso também, mas por incrível que pareça não consigo descrever ele de outra forma que não seja “bala de Coca-Cola” – lembram do Push-Pop de cola? Ele tem esse cheiro! Para quem não gosta, a fragrância fica muito suave nos fios e logo some, mas a hidratação fica! Gente como eu amei esse shampoo! Ele é incrível! Acho que nenhum outro vai conseguir superar ele agora. Pra quem tem os cabelos secos, vale muito a pena procurar!

Preço sugerido: R$33,00 (250ml)
Sleek Smoother Bálsamo Condicionante para Cabelos Indisciplinados

O bálsamo condicionante para cabelos indisciplinados condiciona o cabelo frizzado instantaneamente e proporciona um cabelo notavelmente mais brilhante e suave. Hidrata os fios de cabelos rebeldes. Fórmula profissional exclusiva com óleo de abacate e óleo de gérmen de trigo.

Sabe quando você lavava seu cabelo e insistia em deixar aquele restinho de condicionador? Com esse aqui pode. Ele é um condicionador sem enxague, ou seja, tire bem o excesso de água depois da lavagem e aplique o produto e pronto, não precisa enxaguar. Achei estranho no começo, mas logo me adaptei. Ele tem a textura mais densa e um pouquinho de produto é o suficiente para, literalmente “derreter” os fios! O cabelo parece que agradece pela dose de hidratação power que tem esse produto e fica muito macio e sedoso. É uma coisa instantânea e que geralmente, só acontece comigo com aquelas máscaras de tratamento que a gente deixa 20min em pausa com touca laminada. O frizz, depois de seco, não some, mas diminui bastante. Eu não me incomodo mais com frizz, ele faz parte do meu cabelo e eu aceitei este fato.

Fora isso, este condicionador vale muito a pena pela hidratação que dá aos cabelos. Ficam muito macios! Os cachos depois do plopping, ficam soltinhos, com movimento, volume controlado e cheios de brilho! Nunca pensei que um condicionador pudesse ser mais potente do que uma máscara de hidratação. Preciso dizer que também amei?

Preço sugerido: R$56,80 (200ml)

 

Os preços não são aqueles que encontramos em supermercados e o condicionador é até um pouco caro, mas eu com certeza vou comprar de novo. Achei que vale cada centavo e ainda arrisco a dizer que foram provavelmente, os melhores produtos que já usei. Recebi uma caixinha com ampolas de tratamento e um bálsamo de reparação da linha Visible Repair também da Clairol. Vou testar e depois conto para vocês o que eu achei.

Avaliação Final: 5 estrelinhas.