Categoria: corpo

Especial Verão | Cuidados com a Pele Pós Sol

Especial Verão | Cuidados com a Pele Pós Sol

E então que você passou os últimos meses indo à praia ou está se preparando para aproveitar o feriado de carnaval para tirar aquele “branco escritório” e voltar “musa rainha de bateria”, toda dourada. Mas para que a cor não vá embora tão cedo, alguns cuidados (além da proteção solar que eu já falei aqui) são básicos e necessários, especialmente para quem só lembra de cuidar da pele do corpo nesta época do ano – afinal, uma pele bem hidratada não descama com a mesma facilidade de uma pele que está ressecada. E como vocês devem imaginar, a grande palavra de ordem é: HIDRATE.

Tudo começa bem antes de você resolver dar as caras ao sol: lembra da boa e velha esfoliação? Pois ela é um ótimo aliado para estimular a renovação celular, o que faz com que a pele fique macia e lisa, diminuindo as irregularidades e removendo células mortas e impurezas. Depois, vale caprichar em hidratantes poderosos à base de uréia (se você não for gestante), lactato de amônia e ácido hialurônico. Os óleos de banho devem ser evitados, especialmente se tiverem altas concentrações de óleo mineral, que é um lubrificante e não um hidratante como muitos pensam. Esta preparação da pele é fundamental para que ela permaneça um longo período com o bronze conquistado durante as férias.

Já na praia ou na piscina, não vale bancar a louca e simplesmente não passar o protetor solar, hein? Além do perigo de desenvolver o temido câncer de pele, as chances de descascar são ainda maiores quando não usamos nenhuma loção protetora. E vamos combinar: o mercado dispõe de mil e um produtos que oferecem proteção solar aliados a fórmulas que ajudam a dar um “boost” no bronzeado. Aqui vale ficar atenta ao fator de proteção solar e ao tempo que é necessário reaplicar o produto: quanto mais baixo o fator, a aplicação torna-se mais frequente, mesmo para quem tem a pele negra. Também não vale trapassear e achar que só porque você usa FPS100 não precisa reaplicar, hein? Dermatologistas sempre recomendam que o protetor solar de FPS30, deve ser reaplicado a cada 2 horas ou sempre após nadar, suar e enxugar-se com a toalha.

Seguiu todas as recomendações, deitou e rolou no hidratante corporal e no protetor solar e mesmo assim ficou ardendo? Hora de correr para o pós sol! Este produtos acalmam a pele e a maioria tem textura em gel, é hidratante e à base de aloe vera, conhecida por suas propriedades calmantes e cicatrizantes. Assim que possível, também vale aplicar muito, mas muito hidratante e pomadas com dexpantenol, a famosa vitamina B5 que auxilia na regeneração e cicatrização da pele. Claro que, quando a pele queima, estará mais propensa à descamar, portanto mantenha a calma! Nada de agredir ainda mais a área sensibilizada com esfoliantes. Durante o banho, massageie o corpo suavemente para que a pele morta vá se soltando e depois, muita paciência!

Para quem voltou linda e dourada, é só não descuidar da hidratação para prolongar o bronzeado. E quando ele der sinais de estar indo embora, vale a pena apelar para os autobronzeadores para ficar com a cor do verão um pouquinho mais (ou se quiser, o ano inteiro).

Especial Verão | Cuidados com a Pele Pós Sol

1. Cabana Sun After Sun Lotion, R$58,90 | 2. Nivea Loção Hidratante Pós Sol, R$15,99 | 3. Sundown Pós Sol, R$24,99 | 4. Banana Boat Aloe Vera Gel, R$37,90 | 5. Clarins After Sun Moisturizer Ultra-Hydrating, R$173 | 6. Cenoura e Bronze Gel Pós Sol, R$18,18

Especial Verão | Protetor Solar

Especial Verão | Protetor Solar

Esta é aquela época do ano em que todo mundo lembra do bendito protetor solar. Isso porque, quando muito, algumas pessoas ainda se recordam de, pelo menos, aplicar o produto diariamente no rosto. No entanto, morando no Brasil e com temperaturas mínimas na casa dos 25ºC, não tem como não esquecer de se proteger do sol. E se você não liga muito para isto, saiba que está incluida em um grupo de pessoas com maior probabilidade a desenvolver o tal câncer de pele, que ano após ano, figura entre os mais diagnosticados do país. E sabem, por quê? Na maioria dos casos, falta prevenção.

Aquele tom dourado que todas nós amamos tem uma explicação não lá tão glamurosa quanto o bronze de St. Tropez: ficamos com a pele escura, pois este é um mecanismo de defesa do nosso corpo contra a agressão solar. E isso acontece através da produção da tão conhecida melanina. Trocando em miúdos, conseguimos aquele corpo dourado digno de uma Angel da Victoria’s Secret agredindo a nossa pele. Claro que existem meios seguros de conseguir a cor tão desejada (além de evitar queimaduras) e eles incluem o uso correto do protetor solar.

Especial Verão | Protetor Solar

Quer conseguir um bronzeado duradouro? Bem, se você investiu em hidratação o ano todo, agora é a hora de ver o resultado. Uma pele bem hidratada não descasca e fica bonita, com a cor do verão. Agora, se você é do time da preguiça, prepare-se: comece com pelo menos uma semana de antecedência, fazendo uma boa esfoliação e investindo em hidratantes potentes diariamente, de preferência, aplique logo após o banho, quando a pele está mais propensa a receber produtos de tratamento em geral. Se você tem mais tempo, quatro semanas antes da temporada de praia, vale investir em alimentos ricos em betacaroteno, como cenoura, rúcula, brócolis, abóbora entre outros. Além de auxiliar na cor, o betacaroteno também é um poderoso antioxidante que combate o envelhecimento precoce, combatendo os radicais livres.

Além destas dicas, a maior de todas é: use e abuse do protetor solar! Não tenha dó de aplicá-lo e reaplicá-lo. É ele quem protege a pele contra a ação nociva do sol. E como eu sei que a maioria não segue a recomendação de evitar o sol nos horários de maior incidência de raios ultravioleta, que é das 10h às 16h, o protetor é ainda mais indispensável do que nunca! Algumas fórmulas até ajudam no bronzeado, outras são voltadas para peles sensíveis, uns ainda prometem toque seco com hidratação contínua. Tudo é uma questão de saber escolher o que melhor se adequa às suas necessidades.

Também vale ficar de olhos bem abertos: uma norma recente da ANVISA, proíbe qualquer protetor solar de ser chamado de bloqueador e conter a inscrição à prova d’água. Nenhum produto disponível no mercado é capaz de bloquear 100% dos raios solares e a grande maioria deles resiste em torno de 2 horas na pele, depois de um banho de mar, piscina ou ainda contra o suor. Daí a importância de reaplicar: é isto que garante a proteção necessária para a pele. E depois deste cuidado todo, não esqueça do pós-sol ou de uma loção hidratante mais levinha, para garantir a sua cor por muito mais tempo!

Especial Verão | Protetor Solar

1. Sundown FPS30 – R$16,90 | 2. Nivea Sun Protect & Bronze FPS30 – R$25,50 | 3. Cenoura & Bronze FPS50 – R$26,99 | 4. Neutrogena Sun Fresh FPS60 – R$46,89 | 5. Natura Fotoequilíbrio Spray Continuo FPS30 – R$39,90 | 6. L’Oréal Solar Expertise FPS15 – R$29,61

Autobronzeador: a missão!

Autobronzeador: a missão

Já disse por aqui que não sou fã do verão. Aliás, calor só me agrada em duas situações: à beira do mar ou da piscina. Além disso, acho que deveria ser proibido qualquer temperatura acima dos 25ºC no interior do país, sendo as temperaturas mais altas, reservadas exclusivamente às áreas litorâneas. Sonhar ainda pode, certo? Enfim… Com o forno que vira São Paulo esta época do ano, simplesmente não tem como não tirar do armário, shorts, saias e vestidos. Mas, se você como eu, vê na calça jeans sua best friend forever, quando chega o verão bate aquele desespero: falar que eu estou com as pernas da cor da parede ou que sou meia-irmã do Gasparzinho, seria até bondade. Hahahahaha! Fora isso, eu ando um bocado à pé e estou sempre de sapatilha, o que resultou em um pé bicolor: os dedos e o calcanhar estão brancos, mas o peito do pé, onde bate sol está até bem moreninho.

Se eu não tivesse nenhum evento importante ou, mais ainda, se não estivesse gostando de usar saias evasê sempre que possível, não estaria nem ligando sobre o fato de meu corpo estar de duas cores. Mas acontece que além do calor, tenho um casamento durante o dia no final do mês e honestamente… Não tem como colocar um vestido e uma sandália sem aquele pedaço de pé ficar gritando: “Oiê! eu trabalho no escritório e não fui à praia”! Por fim, cá estou: não apenas para falar sobre alguns produtinhos que ajudam dar uma cor de verão à pele, mas também para pedir um S.O.S.

No mercado existem os auto-bronzeadores que são os produtos com cor e efeito quase imediato, os hidratantes corporais com efeito bronze gradual, sendo o mais famoso deles o Dove Summer Tone e a maquiagem corporal, como sprays que tem efeito “meia-calça” e prometem acabamento natural, porém são laváveis. Eu prefiro os hidratantes corporais com efeito bronze e, para falar a verdade foi apenas este que usei até hoje. Acho que criei um certo “trauma”, porque na minha formatura de 8ª série eu estava de vestido, com as pernas brancas e cheias de marcas de machucados. Minha tia acabou comprando uma base facial de um tom mais escuro para eu aplicar e… Quem disse que aquilo secava? Só sei que estava quase pronta e tive que voltar para o chuveiro para tirar a meleca e acabei encarando a cerimônia de pernas brancas mesmo.

Autobronzeador: a missão

Destes produtos da foto, os que eu realmente usei foram o Autobronzeador da PanVel e o Dove Summer Tone. O da PanVel é meio engraçado porque ele é uma loção branca que vai oxidando em contato com a melanina e o bronzeado aparece depois de 3h da aplicação mais ou menos. Ele dura dois ou três banhos se você não reaplicar – apesar de que, na embalagem diz que usar uma vez por semana é o suficiente para manter a cor. O que eu não gosto dele é que é “muito fraquinho”, mesmo aplicando por dias seguidos, a pele não fica bronzeada como eu gostaria. Já o Dove Summer Tone tem efeito gradual: você passa por uma semana e só depois vê a cor. Mas acho ele muito amarelado. Não fica uma cor bonita e natural.

Por sua vez, o produto da Natura é novo. É da linha Tododia e é uma maquiagem para as pernas. Um hidratante com cor que promete disfarce de imperfeições além de iluminar a pele. Ainda não testei como gostaria, mas parece promissor para quem não tem as pernas branquelas (o que não é meu caso). E o segundo é um spray tipo “meia-calça” também da PanVel. Já usei um bocado e ajuda, mas não opera o milagre que eu estou precisando para deixar minhas pernas o mais próximo possível do monocromático.

É aqui que preciso de ajuda. Já pesquisei por aí e estou muito em dúvida sobre qual autobronzeador comprar. Estou muito tentada em testar um da Shiseido, mas queria ouvir de quem já tem experiência com este tipo de produto: qual você me recomenda?

Para quem está à procura de uma corzinha de praia sem sol, também juntei aqui embaixo algumas opções que encontramos no Brasil.

Seleção de Autobronzeadores

1. O Boticário Cuide-Se Bem Solar Autobronzeador – R$33,99 | 2. Shiseido Brilliant Bronze Quick Self-Tanning Gel – R$217 | 3. Kiehl’s Sun-Free Self-Tanning Formula – R$102 | 4. Avène Autobronzant Hydratant – R$87,67 | 5. Dior Bronze Huile Somptueuse Éclat Naturel – R$209 | 6. Clinique Self Sun Body Tinted Lotion – R$109

Hidratantes para o Inverno | Mãos & Pés

Há pouco tempo, fiz um post elegendo alguns dos meus hidratantes corporais preferidos para o inverno. Mas eis que não é só o corpo que sofre na época mais fria e seca do ano. Minhas mãos e pés estão muito, mas muito ressecados mesmo! Descamando e brancos. Quem já tem a pele seca, sabe bem o que é enfrentar esse desconforto. Pensando nisso e no post anterior dos produtos para o corpo, elegi alguns dos meus favoritos para cuidar dessas áreas que sofrem um bocado nessa época do ano.

Na lista faltou o meu hidratante favorito, que acabou antes que eu conseguisse fazer uma resenha dele: é o NATIO Antioxidant Nail & Hand Cream que comprei na Sasa.com há algum tempo e até hoje não encontrei nada melhor! Estou ensaiando há tempos também, a compra de mais alguns, porque é simplesmente um dos melhores hidratantes para as mãos que já usei até hoje.

Hidratantes para o Inverno | Mãos & Pés