Tag: doce de leite

Aleatoriedades de Segunda #13

Presentes
Aleatoriedades de Segunda #13

Dia 12 está chegando e em quanto uns pensam na Copa do Mundo eu estou pensando no Dia dos Namorados. Mas não porque eu quero ganhar presentes e sim porque eu sou uma pessoa que ama presentear! Desde a adolescência eu faço mil e um presentes mirabolantes, me preocupo com a embalagem, com o cartão, a caixa ou o papel de presente, a fita, o laço, o papel de seda. É quase como uma terapia fazer aquele pacote lindo como aqueles que vemos nos filmes, sabem? Claro que o conteúdo importa tanto quanto a embalagem em si, mas eu acho que o pacote causa uma expectativa muito grande em quem recebe, por isso gosto de caprichar bem!

No dia das mães por exemplo, além da caixa, da fita e do papel de seda, antes da minha mãe chegar ao presente, encontrou um monte de fotos-imã nossas: desde o primeiro dia das mães dela, comigo no colo, até a formatura. Esse ano, com meu namorado não vai ser diferente: o conteúdo é muito especial e a embalagem também. Não sei se é coisa de gente detalhista, perfeccionista ou o que quer que seja, mas que a verdade seja dita: tem vezes que eu gosto mais de dar presente do que receber.

Adoro ver como as pessoas ficam felizes, sorriem e agradecem por você ter lembrado delas. Mesmo que seja só com um bombom, como eu fiz no ano passado no trabalho.

 

Casual Sunday
Aleatoriedades de Segunda #13

Faz muito tempo que eu não consigo fazer um Casual Sunday e vocês não fazem ideia de como isso me deixa chateada. Por incrível que pareça, esta é uma das tags que eu mais gosto aqui no blog, simplesmente porque eu amo cozinhar, em especial doces. Agora trabalhando fica ainda mais difícil fazer coisas gostosas para trazer e mostrar aqui para vocês. Estou com muitas, mas muitas ideias para aproveitar o frio (quem não gosta de uma gostosura cheia de chocolate ou doce de leite) e espero, nem que seja a cada quinze dias trazer uma coisa nova para vocês.

Eu não abandonei o Casual Sunday! Ele só tirou umas férias forçadas por motivos de força maior,mas ele volta! Aliás, se vocês quiserem sugerir alguma receita em especial, fiquem à vontade: pode ser por comentário ou por e-mail. Vou adorar receber coisas novas para fazer!

 

Game Geek

Tem um lado meu que pouca gente conhece: eu gosto muito de jogar video-game e é uma coisa que infelizmente eu tenho tido pouco tempo de fazer. Para matar um pouquinho a saudade, reuni algumas músicas de jogos que gosto na playlist dessa semana. Espero que gostem!

Casual Sunday: Torta Paulista

Esta receita é da época em que meu pai era adolescente, minha avó costumava fazer uma travessa enorme deste doce, afinal, eram 7 filhos! Eu acabei aprendendo com a minha mãe, que faz a Torta Paulista de um jeito um pouco diferente: ao invés de fazer camadas de creme e depois cobrir com doce de leite, ela intercala as camadas, deixando o que é bom ainda mais gostoso!

INGREDIENTES

  • 02 latas de leite condensado
  • 01 ½ pacote de bolacha Maizena
  • 125g de manteiga sem sal
  • 02 gemas
  • ¾ xícaras de chá de açúcar
  • 01 lata de creme de leite sem soro

MODO DE FAZER
Coloque as latas de leite condensado fechadas para cozinhar em uma panela de pressão, por aproximadamente 40 minutos após a panela pegar pressão. Retire da água e só abra as latas depois que estiverem frias. Na batedeira, bata a manteiga em temperatura ambiente com o açúcar e os ovos, até virar um creme fofo. Vá acrescentando o creme de leite sem soro aos poucos e reserve.

Em um refratário, forre o fundo com a bolacha Maizena. Cubra as bolachas com uma camada do creme. Coloque mais uma camada de bolachas e cubra com o doce de leite. Repita a operação e termine a torta cubrindo-a com o doce de leite. Leve a geladeira até gelar ou deixe de um dia para o outro, assim as bolachas ficam mais macias e a torta mais fácil de ser servida.

 

A quantidade de doce de leite e bolacha Maizena pode variar de acordo com o tamanho do refratário. Eu fiz em um travessa grande e foi exatamente esta a quantidade que eu usei. Deixar a torta de um dia para o outro na geladeira faz toda a diferença, pois a bolacha fica bem macia e fácil de cortar.

Não vou enganar vocês: esta sobremesa é bem doce por conta da quantidade de doce de leite. Você não consegue comer muitos pedaços de uma só vez, mas com certeza vai querer repetir várias e várias vezes durante o dia! Além disso, a receita é muito fácil e prática, a parte mais demorada com certeza é cozinhar o leite condensado. Fora isso, em 20min a Torta Paulista está pronta. Vale a pena experimentar!

Casual Sunday: Panqueca de Leite Condensado

Eu não sei se vocês sabem, mas desde pequena tenho um pé na cozinha. Minha avó é daquelas que faz nhoque caseiro e bolos divinos que não sobram nem migalhas para contar história. Então, desde a infância eu escrevia receitas imaginárias e ficava assistindo a mágica que acontecia na cozinha dela. Acho que puxei da minha mãe, que cozinha tão bem quanto ela e que também aprendeu com as mãos da minha avó. Mas a coisa é que eu adoro cozinhar doces. Não sou muito da turma dos salgados – faço só quando não tem muita escolha ou quando estou com vontade de alguma coisa específica. Acreditem se quiser, comecei até a montar um fichário com receitas (organizadas por ordem alfabética e separadas entre doces e salgados porque sou #aloka da organização) e dentre elas, tem uma que faz muito sucesso aqui em casa: as panquecas de leite condensado.

Eu faço esta receita no estilo “pan” mesmo, parecida com as famosas panquecas americanas e todo mundo gosta! A receita em si leva poucos ingredientes e é bem fácil de fazer:

INGREDIENTES:

  • 01 lata de leite condensado
  • 02 ovos inteiros
  • 02 xícaras de chá de farinha de trigo
  • ½ xícara de chá de leite
  • ½ colher de chá de essência de baunilha
  • ½ colher de sopa de fermento em pó

MODO DE FAZER:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma massa homogênea. Aqueça uma frigideira pequena com manteiga, coloque pequenas porções de massa de cada vez e frite-as de ambos os lados até ficarem douradas.

Eu às vezes tenho preguiça do liquidificador, então coloco os ovos em uma tigela, bato-os levemente com um garfo, adiciono a lata de leite condensado, o leite e a essência de baunilha e misturo até ficar homogêneo. Depois incorporo a farinha aos poucos para não empelotar e por último o fermento em pó. Dá certo do mesmo jeito e faz menos sujeira. Para fritar as panquecas sem correr o risco delas grudarem da frigideira é recomendavel que seja uma anti-aderente e, para cada panqueca coloque sempre um pouquinho de manteiga (de preferência sem sal), caso contrário, mesmo com o anti-aderente, ela pode grudar. Eu também uso uma frigideira pequena e coloco porções de aproximadamente ⅓ de concha para que elas fiquem mais “altinhas”.

A cobertura pode ser à gosto do freguês: o próprio leite condensado, uma cobertura de chocolate ou brigadeiro, doce de leite, mel, maple syrup ou que você preferir. Embora vá o leite condensado na massa, a panqueca não fica extremamente doce, pelo contrário, fica bem suave e você pode inventar o que quiser para colocar nelas. É uma ótima pedida para aquele café da manhã especial ou até para um lanche da tarde; eu fiz para o dia dos namorados, já que o meu (além de bolinho de chuva que é o favorito) gosta das panquecas. Espero que gostem da dica! Se fizerem, me contem nos comentários como ficou! =]