Categoria: perfume

O Boticário | Floratta Cerejeira

O Boticário | Floratta Cerejeira

Não sei se vocês sabem, mas minhas primeiras experiências com perfumes começaram no O Boticário. Meu primeiro perfume foi o Ma Chérie, que usei muito quando era criança. Cresci um pouco e usei Thaty, Ops!, Carpe Diem e Myriad. Por fim, a fragrância que me acompanha até hoje e que eu simplesmente amo para usar nos dias de calor é o Acqua Fresca. Sempre gostei dos perfumes da marca e acredito que entre as marcas nacionais, é uma das melhores perfumarias do mercado (inclusive dei de presente para o meu namorado o Egeo Dolce Men e de todos os perfumes que ele tem, é o meu favorito, pena que foi uma edição limitada).

Quando recebi as novas fragrâncias Floratta Cerejeira da marca, fiquei muito empolgada! Depois da baunilha, que é uma das fragrâncias que eu mais gosto, o cheiro da flor de cerejeira é outro que eu adoro! As novidades são as edições limitadas Floratta Cerejeira em Pétalas e Floratta Cerejeira em Flor.

O Boticário | Floratta Cerejeira em Flor

Floratta Cerejeira em Flor

Floratta Cerejeira em Flor combina um moderno bouquet floral, composto por lírio-do-vale, madressilva, gardênia e jasmin, com a explosão das notas cítricas e frutais. Uma fragrância que traduz a beleza e a delicadeza da flor de cerejeira com uma pitada de ousadia.

Esta é a fragrância mais doce (e portanto a minha favorita) e a mais marcante na minha opinião. Ela começa bem aberta e vibrante, um verdadeiro campo florido, mas logo começa a encorpar e ganha ares mais femininos e sensuais e as notas de fundo aparecem com bastante predominância: o caramelo, o musk e âmbar, misturam-se as notas florais e frutais, criando um perfume completamente diferente do inicial. Apesar disso, ele não fica enjoativo nem forte. O Cerejeira em Flor é um perfume bem versátil que funciona tanto para o dia como para a noite.

O Boticário | Floratta Cerejeira em Pétalas

Floratta Cerejeira em Pétalas

Floratta Cerejeira em Pétalas é dinâmica e ao mesmo tempo delicada, traz um rico acorde da sakura combinado ao frescor de especiarias como a pimenta rosa, que confere otimismo e feminilidade à fragrância.

O Cerejeira em Pétala é a versão mais “fresca” entre as duas fragrâncias. Ele abre bem vibrante como o anterior, mas ao invés de ficar encorpado, ele suaviza e cria nuances mais alegres graças às notas de saída e de corpo que trazem folhas de bambu, lírio do vale, violeta, gardênia, cedro branco entre outras. Eu diria que a versão Pétalas é bem mais floral e vívida do que a versão Flor, que parecer ser mais amadeirada, aromática e misteriosa. Mas este também é um perfume bem versátil, apesar de que, para o meu gosto, por ser mais suave, é uma ótima opção para o dia.

Os perfumes estão sendo comercializados desde o final de janeiro e o preço sugerido para o frasco com 100ml é de R$66,00. Vale muito a pena ir em uma loja conhecer!

Enviado por assessoria

LOVE, Chloé

Chloé é uma marca que me traz lembranças da adolescência. Durante muito tempo minha mãe usou a fragrância Narcissus da marca e este não era um perfume qualquer. Onde minha mãe ia, deixava aquele rastro de cheiro de frutas e flores, suave, mais perceptível. Isso ficou impregnado na minha memória, pois lembro claramente que um dia ela foi me buscar na escola e eu não estava na saída (não me lembro ao certo onde eu tinha ido), mas nesse desencontro, passei por um corredor e logo senti o cheiro do perfume: sabia que ela estava me procurando. Apesar deste ter sido o único perfume da grife francesa que conheci, ele ganhou um lugar especial: “o perfume que minha mãe usava quando eu era adolescente”.

Quando chegou por aqui uma caixinha da Época Cosméticos Perfumaria, eu estava esperando qualquer coisa, menos um reencontro com a Chloé. Mas eis que o perfume deste mês, também está ganhando um lugar especial. LOVE, Chloé não lembra em nada o Narcissus da minha mãe, mas nem por isso, deixa de ser uma fragrância especial.

Love, Chloé é a fragrância que celebra a feminilidade radiosa, generosa e espontânea. Em um movimento livre e gracioso, a fragrância representa de forma perfeita a beleza contagiante da mulher que carrega a elegância inata dentro de si. Personifica todo o vocabulário olfativo da cosmética, deixando uma marca original. Um aroma delicado, leve e sensual, assim como um despertar florido, iridescente e almiscarado, com pó de talco e pó de arroz.

Sabem quando uma pessoa senta do seu lado e você sente aquele cheiro delicado de flores que não é agressivo, nem incomodo, mas relaxa e te conduz a uma atmosfera de delicadeza e elegância? Aí você olha para o lado e é aquela mulher linda, conjunto branco, cabelo impecável, camisa de cetim, discretos acessórios dourados e aquela expressão serena, mas ao mesmo tempo determinada. É só assim que eu consigo determinar a essência de LOVE, Chloé. Peculiar, delicado, incrívelmente feminino sem cair em clichês, original mas ainda assim carregado do glamour dos anos dourados.

Eu não sou muito fã de fragrâncias com cheiro de talco, para ser mais honesta, é quase impossível eu gostar de um perfume assim, mas este… Ah! A combinação de notas é tão precisa e balanceada que simplesmente não tem como não se apaixonar por ele. A saída traz o frescor doce da flor de laranjeira bem evidente, aos poucos o fresco dá lugar a um bouquet floral perfeito que inclui minha flor favorita, o lírio. E por fim, uma combinação de fundo que não poderia ser mais perfeita: o calor sensual da amêndoa misturado a toque bem sutil de baunilha. Posso dizer? Ele ganhou lugar ao lado do meu saudoso Miss Dior Chérie e do meu atual adorado Coco Mademoiselle.

Ele não é um perfume baratinho, mas, se você está querendo investir em uma fragrância pra vida, que você vai usar de dia, de noite em diversas ocasiões, LOVE, Chloé é pra você e tem aqui. Mas se você quer ele muito, muito mesmo, no Papo de Beleza tem um concurso cultural em que você pode ganhar um perfume e uma bolsa da marca! E por aqui teremos sorteio. Sim, no próximo post vocês terão a chance de ter este perfume incrível!

Insolence | Guerlain

Esta não foi a minha primeira experiência com o icônico Insolence da Guerlain (que na minha opinião, em relação à marca, só não foi mais marcante do que o Samsara) e foi ótimo revisitar um velho conhecido, pois minha percepção da fragrância mudou radicalmente. Quando conheci o perfume eu era um pouco mais nova e meu “paladar olfativo” passava por Armani Mania, 212 Sexy, Very Irresistible e assim por diante. Na época, o Insolance não passou apenas de um grande frasco de incenso (que até hoje eu não suporto) e talco líquidos e eu nunca pensaria em comprar. Atualmente, apesar de amar com todas as forças os perfume gourmand (gustativos), meu leque expandiu um pouco: gosto dos florais, aquáticos e cítricos.

Assim sendo, quando recebi da Época Cosméticos Perfumaria um frasco do Insolence torci o nariz, mas logo aquela primeira impressão desagradável se desfez. O perfume mostrou-se um bouquet floral com toques frutais como nenhum outro que eu tenha sentido antes.

Para uma mulher de espírito livre, independente e impetuoso, uma fragrância sofisticada e sensual. Uma pirâmide olfativa desconstruída com notas de violeta, íris e framboesa, pela primeira vez usada em uma fragrância de Guerlain. O frasco, criado pelo escultor Serge Mansau tem um movimento maravilhoso que remete a um espiral, como uma pirueta, um redemoinho, que faz de Insolence a mais nova fragrância do luxo!

A saída do perfume é um coquetel de frutas exuberantes que misturam o cítrico refrescante com as vibrantes doces frutas vermelhas e é aqui que você se delicia nas curvas da fragrância: inesperadamente delicado, incrivelmente sedutor. Aos poucos as frutas misturam-se a uma explosão de flores delicadas e envolventes, a violeta e a rosa vem acompanhadas do toque levemente cítrico da laranja. Uma mistura perfeita, encantadora e cativante, mas que deixa claro que este não é um perfume para menininhas, ele tem personalidade e atitude. Por fim, ele fecha com chave de ouro em notas amadeiradas e almiscaradas que dão peso a fragrância, escancarando todo seu exagero e feminilidade. Não é à toa que Insolence é um perfume tão aclamado.

Apesar de ser um eau de toilette a fixação dele é excelente! Muito melhor do que vários eau de parfum que vemos por aí. Isso deve-se, única e exclusivamente, a escolha e concentração de cada uma das notas escolhidas para ele. Um trabalho lindamente desenvolvido pelos perfumistas Maurice Rocel e Slyviane Delacourte.

O frasco é um capítulo à parte e traduz de maneira clara toda alma olfativa do perfume: uma espiral de sensações surpreendentes e femininas. As curvas, o movimento, tudo conversa com cada nota a fragrância. E é um frasco lindo! Como poucos que vemos. Daqueles que dá vontade de deixar exposto, de admirar. Quase uma obra de arte. Mais um ponto que fez com que eu abraçasse de vez o perfume, afinal, com designer, frascos são uma das minhas paixões.

Preciso dizer mais? Pra quem ficou querendo conhecer, corre que na Época tem até um coffret com loção corporal e o perfume de 30ml que eu só não compro porque já tenho o meu. Amei! Não sei como consegui não gostar dele no nosso primeiro encontro.

Midnight Fantasy | Britney Spears

Há algumas semanas eu contei sobre um perfume que eu recebi da Época Cosméticos Perfumaria que eu simplesmente amei: o Pure da DKNY. Junto com ele veio outro perfume que eu estava curiosa para conhecer há anos, o Midnight Fantasy da Britney Spears. Minha curiosidade nem veio pelo fato do perfume ser da cantora (não sou fã dela, mas já ouvi um bocado na minha adolescência eu confesso), mas sim porque todo mundo que tem este perfume, ou o Fantasy ou o Hidden Fantasy, falava que eles são incríveis. A princípio era o Fantasy que estava na minha wish list mas fico contente que eu não tenha comprado ele.

Midnight Fantasy é uma inebriante mistura de deliciosas frutas que te convidam a um misterioso reino de tentação e intriga. Uma fragrância sensual, frutada, doce e feminina. Um sedutor bouquet floral que se funde com o almíscar sensual, âmbar, cereja negra, framboesa, ameixa, lírio, orquídea, pétalas de frésia e baunilha para criar uma inesquecível fantasia de meia noite.

Vou começar falando do frasco porque se tem uma coisa que me faz querer conhecer um perfume é esta. Achei o frasco do Midnight Fantasy lindo! Todo cravejado com pedrinhas azuis que fazem jus a toda proposta da fragrância. Ele também é redondo, o que eu achei bem diferente: os vidros de perfume que eu tenho costumam ser quadrados, esguios e alguns são levemente arredondados, mas em sua maioria, todos são mais quadrados ou retangulares. Este foi o primeiro passo para que eu me apaixonasse pela fragrância.

Quando dei a primeira borrifada, encontrei o mix doce e quente das flores com a cereja e a framboesa. Um cheiro envolvente e nada enjoativo. Uma saída olfativa que eu estava procurando há tempos em um perfume: aquela que te fisga desde o primeiro momento e que vicia. O perfume evolui, vai ficando mais sensual, o frescor das flores dá lugar ao toque de veludo da baunilha ainda envolvido no doce das frutas e isso forma um aroma incrível! Sim, o perfume é doce e quente. Gourmand. Pra quem gosta desta família como eu, um verdadeiro banquete de açúcar! E ainda assim, não é de longe, o perfume mais doce que eu tenho (o da Natura que mostrei aqui, ganha fácil dele).

Com certeza é uma fragrância noturna e que talvez fique exagerada em noites de muito calor, principalmente se você gosta de tomar banho de perfume. Mas, se é pra dar uma borrifadinha só, acho que vai bem em climas mais quentes. De qualquer forma, vou deixá-lo mais para o inverno, agora ando em uma “vibe” aquática e cítrica, o que não me faz gostar menos do Midnight Fantasy, afinal todo perfume tem sua ocasião.

Amei mesmo a fragrância! Deveria com certeza ter experimentado antes. Mais um que entrou para a lista de favoritos!