Testei: Maybelline Pure Makeup

Maybelline Pure Makeup
Semana passada eu fiz resenha do corretivo Instant Age Rewind da Maybelline e hoje vou falar um pouco sobre o mais novo lançamento da marca no Brasil: a linha de produtos Pure Makeup para peles mistas e oleosas. Esta linha era comercializada nos Estados Unidos, mas pelo que pude ver no site, aparentemente foi descontinuada. Não sei porque levou tanto tempo para esta base e pó chegarem por aqui, mas chegaram e eu já fui procurar para comprar, pois apesar de ter minha base favorita para pele oleosa (que vocês estão cansadas de saber que é a Revlon ColorStay Oily/Combination Skin), ela é muito cara aqui no Brasil, então uma opção mais em conta seria mais que bem vinda.

Antes de mais nada, é terrível comprar os produtos de maquiagem da Maybelline. Na grande maioria dos pontos de venda não há tester e no caso desta base principalmente, fica ainda pior porque você não vê a cor do conteúdo e a etiqueta com o nome da cor também não ajuda, são todas da mesma cor. O pó compacto, eu estava procurando a cor Bege Claro e sai da farmácia com o Arena Natural, uma cor muito mais clara. Isso porque no blister (blister é aquela embalagem de plástico e papel onde vem embalado este tipo de prodto) não estava escrito em lugar nenhum o nome da cor e olha que eu tirei todos os pós da gôndola e olhei um por um. E como vocês fazem para escolher a cor? Google. Pesquise o nome da cor no Google, veja os swatches e resenhas de quem já usou e conte com a sorte.

Maybelline | Base Pure Makeup

Oleosidade, brilho, imperfeições? Nunca mais! A Base Líquida Pure Make Up se espalha facilmente pelo rosto, deixando a sua pele com uma cor uniforme e radiante. Pele perfeita e sem brilho, sem obstruir os poros; Sua fórmula leve contém ácido salicílico que ajuda a combater as imperfeições da pele mista ou oleosa.

A base Pure Makeup é bem boa, mas nada comparada ao produto da Revlon. Ela tem cobertura leve e não cobre muitas imperfeições, mas por outro lado tem o acabamento bem sequinho, mas sem aquela sensação pesada de pó e também seca rápido. Mas não tão rápido que possa manchar a pele. De qualquer forma, independente da base que eu uso, eu sempre vou aplicando por partes para trabalhar bem o produto e deixar o resultado mais natural. Uma coisa importante: ela escurece bastante depois de seca, então pode ser que você ache a cor super clara molhada mas na verdade ela não é daquela cor.

Fora isso, sim, ela ajuda a segurar um pouco a oleosidade, mas não o dia todo. A pele ficou sem brilho por mais ou menos 5 horas e depois começou a aparecer um pouquinho de oleosidade na zona T. Mais ou menos 7 horas depois, o rosto já estava mais oleoso, talvez não tanto como de costume, mas eu esperava um resultado um pouco melhor. Neste quesito, a ColorStay é simplesmente imbatível porque segura a oleosidade por muito mais tempo. Mas a vantagem da Pure Makeup é que há ácido salicílico na formulação, um aliado bem conhecido de quem tem a pele acneica. Para quem não sabe, este ácido tem ação antimicrobiana, antiinflamatória, e é adstringente e esfoliante. Claro que por ser uma maquiagem, a concentração deve ser bem baixa, mas ainda assim ajuda a regular a oleosidade.

Maybelline | Pó Pure Makeup

A Pure Makeup transfere um pouquinho, mas nada muito problemático ou que possa ser comparado a Dream Matte Mousse. No fim das contas, ela se mostrou uma boa base para o dia a dia, mas não é nada de excepcional ou que vá deixar sua pele livre da oleosidade o dia todo. Se você quer estar sempre com o rosto sequinho, aí é melhor considerar investir de uma vez na dupla base e pó.

O pó eu comprei um tom mais claro (cor Arena Natural) do que a minha pele por causa daquele problema que eu comentei no primeiro parágrafo, mas mesmo assim estou usando. Ele quase não adiciona cor nenhuma à maquiagem porque é bem fininho e deixa a pele bem matificada, mas sem ficar com cara de cera: a pele ainda mantem um certo viço. Confesso que gostei mais do pó do que da base, porque ele é perfeito para fazer retoques durante o dia, também tem ácido salicílico e o estojo vem com um compartimento separado para a esponjinha onde tem um espelho também. Claro que o pó não deixa o rosto livre de oleosidade o dia todo, mas ajuda um bocado! Se eu tivesse que escolher entre os dois, acho que ficaria com o pó. O único porém é que quem só usa pó sem nada por baixo, pode se decepcionar um pouco: sozinho ele não tem boa cobertura e quase não esconde nada, então quem pensou que este poderia ser um substituto baratinho para a Shiseido Pureness, infelizmente não é.

Maybelline | Maquiagem Pure Makeup

No fim das contas, a avaliação final é bem positiva. São bons produtos, de fácil acesso e preço bem bacana: eu paguei R$29,90 em cada um na Drogaria São Paulo. Claro que, pra variar, cada um tem só quatro opções de cores e tudo mais que nós já estamos cansadas de saber, mas é possível ver que as coisas estão evoluindo. Então, se você tem a pele oleosa mas não quer gastar rios de dinheiro, fica a dica de uma opção de produto bem bacana.

Avaliação Final: Base Pure Makeup – 3 estrelinhas.
Avaliação Final: Pó Pure Makeup – 4 estrelinhas.

Be Sociable, Share!

    Comentários do Facebook

    comentários

    • Não está muito fácil achar mesmo. Eu vi que tem uma gama boa de cores na The Beauty Box, mas nas farmácias está complicado mesmo. Acabei comprando meu segundo frasco na Brigette’s Boutique e estou esperando chegar.

      Beijos!

    • Que bom que você gostou! Obrigada! =]
      Eu uso a Sony Alpha 230.

      Beijos!

    • beautyinluv

      Estava super curiosa para saber sobre essa nova linha da maybelline! to louca para experimentar o pó :)

      bjos

      • Os produtos são bem legais e o pó é muito bom! Achei ele excelente para deixar na necessaire. Sem contar que os preços estão bem acessíveis também. =]

        Beijos!

    • isadora

      OI ! gostaria de saber como fazer ela parar de sair produto ! a minha não para e não consigo usa-la com medo dela acabar e passar muito produto na minha pele ..

      • Vira ele de ponta cabeça e tenta dar algumas batidinhas contra uma superfície para a base descer e sair um pouco do ar de dentro do frasco. Talvez ajude!

        Beijos!

    • antonia

      Gabi, que engraçado, essa linha existe faz muitos anos e em 2011 foi descontinuada nos EUA, agora lançam aqui como novidade. Pelo menos é bom. bjs

      • Pois é… Como TUDO que vem para o Brasil, geralmente são produtos que nem são mais tão novidade assim, ou que, como no caso da linha Pure foram descontinuados. Eu quase comprei uma vez a base na Brigette’s Boutique e lembro muito bem que tinham mais opções de cores do que temos aqui. Só espero que comecem a melhorar isso, porque o portfólio da Maybelline nos EUA é incrível!

        Beijos!

    • Magda Michelle

      Que bom que vi sua resenha, também sou fã da base da Revlon. Gostaria de saber se o pó é parecido com o Dream Matte da Maybelline, pois ele é mais barato e seria um bom substituto ;) Bjs.

      • Eles são bem diferentes. O pó Dream Matte me parece ser mais fino e deixa a pele com um acabamento mais aveludado e matificado, entretanto ele não tem o ácido salicílico e nã controla tanto a oleosidade. Se pode ser um substituto? Acredito que sim, mas o sensorial entre eles é diferente.

        Beijos!