Tag: maybelline

Unhas & Cutículas | O que estou usando

Unhas & Cutículas | O que estou usando

Como uma boa viciada em esmaltes, acredito que os cuidados com as unhas e cutículas são tão essenciais quanto a cor escolhida para a esmaltação. No entanto, confesso que, apesar de ter um número considerável de produtos de tratamento, acabo não tendo o tempo que gostaria para cuidar adequadamente desta região. Vivo aplicando cremes para as mãos, porque elas são muito delicadas e secas, ao ponto que até lavar uma simples louça, é capaz de deixar pontos brancos de pele ressecada. Assim sendo, tenho cremes na mochila do trabalho, na bolsa de sair, ao lado da cama, em cima da penteadeira, em todos os locais que eu possa achar necessário. Mas eles sozinhos, por melhor que sejam, não conseguem dar conta de cutículas secas e unhas fracas e quebradiças.

Uma vez por semana, quando faço as unhas, tenho um cuidado mais especial com elas. Meu ritual de manicure, dura mais de uma hora entre lixar e passar o top coat e spray secante. Faço tudo com muito cuidado, uso tratamentos fortalecedores, óleos hidratantes, bases especiais e assim por diante. Mas, como vocês podem ver pelas fotos do esmalte da semana elas continuam curtinhas. Não há meios das pontinhas sobreviverem uma semana sem quebrar. Se tu tivesse mais disciplina – e tempo! – com os cuidados, talvez o resultado fosse diferente. Ainda assim, gosto muito dos produtos que estou usando no momento: alguns já são velhos conhecidos e já aparecerem em outros posts por aqui, outros são novos e comprei na esperança de me ajudarem a ter unhas mais fortes e sadias.

Unhas & Cutículas | O que estou usando

1. Granado Pink Óleo Fortalecedor de Unhas – R$21,50 | 2. Essie Apricot Cuticle Oil – R$40 | 3. Mavala Crème Cuticle – R$45,90 | 4. Mavala Eau Emoliente – R$31,90 | 5. Dior Crème Abricot – R$95 | 6. Granado Cera Nutritiva Unhas e Cutículas – R$20 | 7. Burt’s Bees Lemon Butter Cuticle Cream – R$25,90

Gosto muito de hidratantes para as cutículas de modo geral, porque sinto que este cuidado específico acaba sendo mais eficiente do que apenas aplicar um creme para as mãos. O correto seria aplicar diariamente, pelo menos duas vezes ao dia, mas, quando muito, eu consigo massagear algum óleo ou creme (com excessão do Eau Emoliente da Mavala, que serve para empurrar a cutícula e evitar seu crescimento) antes de dormir. Não é o ideal, mas pelo menos já é uma conquista! Se você também vive na correria, antes de deitar-se é o momento ideal para aplicar, não apenas este tipo de produto, mas hidratantes corporais mais espessos ou específicos para os pés, por exemplo. Desta forma, eles agem durante a noite, sem que você interfira.

De todos acima, já usei dois ou três potinhos da famosa “cerinha” da Granado, mas agora estou usando mais o óleo da Essie (que, diga-se de passagem, tem um cheirinho incrível) e o creme para unhas e cutículas da Dior. Este último no entanto, é bem grosso e acaba não sendo absorvido com tanta facilidade, precisa de uma boa massagem, o que o torna ainda melhor para ser usado à noite.

Unhas & Cutículas | O que estou usando

8. Mavala Nail Shield – R$60,90 | 9. Mavala Nail Hardner Scientifique – R$64,90 | 10. Dior Base Coat Apricot – R$85 | 11. Essie Protein Base Coat – R$40 | 12. Colorama NutriBase Pró-Fortalecimento – R$5,12 | 13. Revlon ColorStay Gel Smooth Base Coat – R$35,90

Já com as bases, tentei muitas, mas muitas diferentes ao longo dos anos! Até perdi a conta de quantas foram: Sally Hanses, nails inc., Colorama, Bourjois, Risqué… Não importava muito a marca, com tanto que me ajudassem com o problema das unhas “cotoco”. Recentemente decidi inve$tir mais pesado nesta área para ver se conseguia algum resultado melhor e, do passado, sobrou apenas a NutriBase da Colorama, que até hoje, considero como sendo uma das melhores nacionais. Comecei a usar o famoso Scientifique da Mavala, que é um endurecedor à base de formol (proibido para as alérgicas) uma vez por semana, mas estou cogitando aplicar duas, como sugere o fabricante. O caso aqui é de calamidade e já ouvi tantos elogios à este produto, que realmente estou apostando minhas fichas.

De resto, tenho mais dois queridinhos: a base da Revlon que se usada em conjunto com o top coat da mesma linha, garante esmalte intacto por uma semana (teve uma época em que eu simplesmente não conseguia usar nenhum outro produto além destes) e a base de proteína da Essie que também ajuda a fortalecer. De resto, preciso dizer que o Nail Shield da Mavala foi um pouco decepcionante. Comprei achando que era um tratamento, mas na verdade é exatamente o que diz o nome: um escudo protetor para evitar a quebra que infelizmente, não deu muito certo na minha unha frágil. Cansei de contar os cantinhos quebrados quando estava usando esta dupla (sim, ele deve ser aplicado em duas fases).

Unhas & Cutículas | O que estou usando

14. Essie Super Duper – R$40 | 15. Essie Good To Go – R$40 | 16. Essie Quick-E – R$40 | 17. Revlon ColorStay Gel Shine Top Coat – R$35,90 | 18. Colorama Cobertura Intensificadora da Cor – R$4,99 | 19. Maybelline ColorShow Top Coat – R$9,90 | 20. Dior Top Coat Abricot – R$85 | 21. Mavala MavaDry – R$55,90

Sempre finalizo a manicure com um top coat, a não ser em casos em que o esmalte tem acabamento fosco. Este tipo de produto, prolonga a duração e protege o esmalte, deixando-o com acabamento brilhante e cor viva. Alguns ainda, auxiliam na secagem do mesmo, ou pelo menos deveriam. No caso do MavaDry por exemplo, ele seca apenas a superfície do esmalte e as camadas que estão abaixo, ficam “frescas”, o que significa que se você esbarrar em alguma coisa até que as unhas estejam completamente secas, pode acabar com um borrão bem feio (já aconteceu comigo). Outros que tem a função apenas de extra brilho, como o Super Duper e o top coat da Maybelline, apesar de protegerem, demoram um bocado para secar. Nestes casos, vale a pena lançar mão de sprays ou óleos secantes como o Quick-e da Essie.

Apesar de existirem diversas marcas e muitas promessas, de Colorama a Dior, passando até pelo super famoso Seché Vite, não vi grandes diferenças entre um top coat e outro. Uso muito o Good to Go da Essie porque ajuda bem na secagem, mas acho ele tão bom quanto um da Ideal com óleo de argan, por exemplo. Isso significa que, comprar o produto da Dior, foi um baita desperdício de dinheiro…

Unhas & Cutículas | O que estou usando

22. Palmer’s Cocoa Butter Formula Concentrated Cream – R$33,90 | 23. Josie Maran Argan Oil Intensive Hand Cream – R$69 | 24. Clarins Hand and Nail Treatment Cream – R$104

Para terminar, eu não poderia deixar de falar dos tão queridos cremes para as mãos! Vou confessar que o meu favorito de todos os tempos nem está na foto. É da marca australiana NATIO e eu comprei há muito tempo na Sasa, mas é impossível comprá-lo, pois sempre está esgotado. O dia que eu conseguir, pretendo fazer um estoque, porque eu nunca usei um hidratante tão bom como aquele… Outro que também me agradou muito, foi este da Palmer’s, que é bem pesado, mas absorve rápido e deixa as mãos super macias! Sem contar que o cheiro é uma delícia: uma coisa meio chocolate, meio coco. Já o da Clarins foi uma tentativa desesperada, porque minhas mãos estão muito, mas muito secas mesmo. Por enquanto está funcionando muito bem! Mas preciso avaliar melhor se o preço realmente compensa. E claro: o da Josie Maran acabou parando em uma compra que fiz na Sephora, pois a marca começou a me conquistar! Provei um corretivo na loja, me apaixonei e logo quis conhecer mais produtos. Um deles foi este hidratante, que é bem bom!

E… ufa! Tenho dez dedos e todos estes produtos para cuidar deles. Exagero? Com certeza. Provavelmente há dois anos atrás, eu teria muito menos coisas, mas é assim que vou descobrindo o que vale e o que não vale a pena. Mais do que isto: quem sofre com descamação, mãos ressecadas, cutículas brancas e unhas fracas, sabe bem que vale quase qualquer coisa, na esperança de recuperar a saúde desta área tão delicada do corpo.

Agora eu quero saber: vocês já usaram algum destes produtos? Tem alguma outra indicação para me dar?

Testei: Base Maybelline SuperStay 24HR

Testei: Base Maybelline SuperStay 24HRQuem acompanha o blog há algum tempo, já sabe, mas se você chegou aqui agora: prazer, meu nome é Gabriela e sou aficcionada por bases. E corretivos. E pós. Hahahaha! Eu realmente não me importo de gastar nestes três itens quando posso e sei que terei o resultado que preciso. Tanto que, ultimamente, conforme minhas bases e BB Creams vão sendo usados, estou procurando produtos novos, com acabamentos e resultados ainda melhores do que os que eu já conheço.

Assim sendo, uma das bases novas que comprei, foi a SuperStay 24HR da Maybelline. Eu gosto da Dream Matte Mousse (apesar dela transferir horrores) e da Pure MakeUp que é muito boa para peles oleosas, por isso achei que esta nova base, poderia ser uma boa para a minha pele super oleosa, já que ela promete durar o dia todo.

Testei: Base Maybelline SuperStay 24HR

A tecnologia de SuperStay proporciona alta resistência ao movimento, calor, umidade, suor e toque, e ainda protege a pele com FPS 19. Isso só é possível com a inovadora tecnologia Micro-Flex que possibilita fixar a base e acompanhar os movimentos da pele confortavelmente, sem sensação de peso ou rigidez. A base que dura o quanto você precisa, sem desgastar, craquelar ou desaparecer ao longo do dia!

Antes de qualquer coisa, se você gosta de bases com toque seco, já pode parar de ler a resenha por aqui. Esta base da Maybelline não deixa o rosto matificado como a Dream Matte Mousse, mas ao mesmo tempo, não tem acabamento brilhante como uma base hidratante ou luminosa. Ela seca e fica com aquele “glow” de pele saudável, natural, nada brilhante e melequento (o que seria um problema e tanto para quem tem a pele oleosa). Mas tem quem prefere o acabamento opaco, sem brilho algum, então a SuperStay 24HR não é pra você.

Para ser bem honesta, tenho poucas coisas para “reclamar” desta base. Uma delas é em relação a embalagem: ela tem o mesmo problema da minha adorada ColorStay da Revlon que é a falta de pump ou um bico dosador. É muito fácil desperdiçar produto desta forma, ou aplicar mais do que você deveria, além de ser um convite para um desastre na sua bancada, penteadeira ou banheiro. Pode parecer um pequeno detalhe, mas eu ando um pouco “cri-cri” com esta história de embalagens e uma coisa como essas, que no passado, acreditem ou não, não me incomodava tanto, hoje gera até preguiça na hora de usar o produto.

Outra coisa que eu não gostei muito foi da gama de cores. Apesar de serem 8 tonalidades (muito melhor do que claro, médio e escuro), parece que faltam opções ente uma cor e outra, especialmente ao que diz respeito a cor de fundo da base. Eu geralmente uso as cores com fundo amarelado e sei que a maioria das cores da Maybelline tem fundo rosado. Por isso, quando fui escolher a minha, repliquei a cor da Dream Matte Mousse e escolhi a Nude Light, que não é a minha cor perfeita, mas é a que mais se aproxima do meu tom de pele do colo (porque meu rosto é muito mais branco que o restante, já que uso protetor solar FPS50, todos os dias).

Testei: Base Maybelline SuperStay 24HR

Apesar da cor não estar completamente perfeita, dá para enganar bem! A base ajuda, porque a cobertura também não é das mais leves. Diria que tem acabamento de médio a leve, dependendo de quanto e como você aplica. Não some completamente com manchas, olheiras e cicatrizes, mas uniformiza muito bem a pele, deixando apenas pequenas áreas para serem corrigidas. E apesar de eu sempre desconfiar destas coisas que prometem muito como 24h de duração, precisei dar o braço a torcer: cheguei em casa, depois de um dia inteiro fora, andando na rua com muito calor e à noite, a base ainda estava no meu rosto, com a mesma cobertura. Ou seja: a durabilidade dela é mesmo uma das melhores que já experimentei e diferente da Dream Matte Mousse que transfere em absolutamente qualquer coisa esta é bem mais resistente e quase não transfere.

Agora aqui vai mais uma informação interessante para as moças de pele oleosa: eu não senti que minha pele ficou mais oleosa do que o normal com esta base, mas também não vi a oleosidade ser reduzida. O ponto é que no site brasileiro da Maybelline não fala nada sobre ela ser oil-free, mas lendo os ingredientes, também não vi nenhum tipo de óleo a não ser a parafina que é o último ingrediente. Mas, no site norte-americano consta que a SuperStay 24HR é oil-free. Se a fórmula é a mesma ou não, não sei dizer, mas quem tem a pele oleosa deve sempre optar por produtos oil-free.

Testei: Base Maybelline SuperStay 24HR

O preço sugerido dela é de R$49,90, o que não é um absurdo, mas também não é super baratinho como uma base da Vult ou da Koloss. Eu acho que vale a pena para quem usa diariamente e precisa ficar com o rosto bonito o dia todo, precisa de uma base resistente que não vá esmaecendo com o passar das horas. Se eu não tivesse mais 89129863563 bases que eu quero experimentar, provavelmente compraria de novo, mas por esse motivo ela não entrou na lista de produtos para “repetir quando acabar”.

 

Detalhes da nota:

Embalagem

3/5

Textura

3/5

Cobertura

4/5

Durabilidade

4/5

Preço

4/5

Avaliação Final: 3,6 estrelinhas

INGREDIENTES BASE MAYBELLINE SUPERSTAY 24HR
AQUA/WATER, CYCLOPENTASILOXANE, POLYPROPYLSILSEQUIOXANE, ISODODECANE, DIMETHICONE, C 30-45 ALKYLDIMETHYLSILYL POLYPROPYLSILSEQUIOXANE, GLYCERIN, SILICA, PEG-10 DIMETHICONE, DIMETHICONE/POLYGLYCERIN-3 CROSSPOLYMER, SODIUM CHLORIDE, NYLON-12, PHENOXYETHANOL, DISTEARDIMNIUM HECTORITE, DISODIUM SEAROYL GLUTAMATE, CHLORPHENESIN, ETHYLPARABEN, DISSODIUM EDTA, ALUMINUM HYDROXIDE, PARAFFIN. [+/- PODE CONTER: CI 77891, CI 77499, CI 77192, CI 77491]


Onde?
Perfumarias, Farmácias e Lojas Online
www.maybelline.com.br
0800 701 0114

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi adquirido pela autora.

Esmalte da Semana: Midnight Taupe

Esmalte da Semana: Midnight Taupe

Mais um esmalte da Maybelline por aqui! Para quem pediu: calma que eu vou fazer um post mostrando as cores que tenho, só não tive tempo ainda, hehehe! Mas indo ao que interessa, eu realmente gostei dos esmaltes da marca. Das cores que eu usei até agora, todas tiveram boa durabilidade, textura e brilho. Geralmente eu uso os esmaltes junto com a base e o top coat da mesma marca e sinto que tem ajudado a durar mais do que com outros produtos. Estou realmente virando fã da linha Color Show!

Esmalte da Semana: Midnight Taupe

A cor que eu escolhi para esta semana é um taupe bem escuro que é a cara do frio (que para a minha tristeza, mal deu as caras aqui em São Paulo essa semana)! Eu gosto muito deste tipo de cor porque combina com qualquer coisa em qualquer situação. Você está sempre com as mãos bonitas e elegantes (acho os tons de nude e taupe tão…chics, hehehe). Mas claro que eu sempre tenho que fazer uma graça com filha única! E adivinhem qual cor eu usei de novo?! Sim, o Gold, James Gold da Risqué que já virou meu novo dourado favorito. Nem deu para perceber, né?

Os dois esmaltes são ótimos! Mas como o foco hoje é o da Maybelline, aqui vão mais detalhes sobre ele: cobriu perfeitamente com duas camadas, foi fácil de limpar, o brilho dele é lindo mesmo sem o top coat e ele só demorou um pouquinho para secar, mesmo usando spray secante.

O que vocês acharam desta cor?
Bom fim de semana!

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi adquirido pela autora.

Tutorial | Smokey Eyes Básico

Como eu já disse no tutorial anterior, não sou nenhuma expert no assunto tutorial de maquiagem, mas resolvi compartilhar aqui no blog as maquiagens que faço e uso ou seja: nada difícil e que com certeza pode ser usado. Um dos clássicos que eu gosto muito é o famoso smokey eyes, aqueles olhos bem pretos com um batom nude, fazem um look lindo tanto para a balada como para outras ocasiões.

Demorei um pouco para pegar o jeito de fazer o smokey eyes de um jeito que eu gostasse (vocês podem reparar pelas fotos que eu tenho pouco espaço de côncavo), mas acho que finalmente consegui. Não é nada elaborado, mas para quem também tem dificuldades na hora de lidar com a sombra preta, pode ser uma boa. Espero que gostem!

Tutorial | Smokey Eyes Básico