Testei: Base Make B. d’O Boticário

Minha história com o Boticário data de 1900 e bolinhas. Eu era criança e lembro que ia no extinto Shopping Matarazzo (hoje Shopping Bourbon Pompéia) com meus pais comprar o creme de Azuleno que na época vinha em frasco de vidro fosco com tampa plástica (tenho esse potinho até hoje) que minha mãe usava, assim como o desodorante Inamorata que por anos rondou nas prateleiras aqui de casa. Pra mim, a linha Angelical Touch, para o meu irmão a linha d’O Boticário que contava com um sabonete que tinha o desenho de uma maçã verde bem no meio. Desde então, muitos produtos da marca passaram por aqui: perfumes, hidratantes e sabonetes corporais, cosméticos para o rosto e uma das coisas que mais gosto da marca: as maquiagens.

Antes da Make B. ser Make B., minha base favorita era a Perfect Face: acabamento natural, base líquida bem fluida, espalhava com muita falicidade, era oil free e a cor Bege Claro 22 era simplesmente perfeita para a minha pele. Mas então tudo mudou e no lugar da base nacional mais perfeita do mundo veio a Base Líquida Alta Defnição da Make B. Torcer o nariz é pouco para quem perdeu um de seus produtos favoritos, mas tudo bem, a curiosidade falou mais alto.

Base líquida leve e oil free, combina micro partículas e difusores óticos que intensificam a luminosidade natural da pele e proporcionam um acabamento de alta definição, dissimulando a aparências de imperfeições como linhas finas e áreas escuras do rosto. Corrige e melhora perfeitamente a aparência da pele, longa duração e hidratação por até 8 horas trazendo uma tonalidade uniforme e sem brilho. Contém ainda FPS15 UVA++, que protege a pele dos raios solares; Vitamina E, que tem ação antioxidantes, de combate aos radicais livres; Ácido Linoléicio e Ácido Linolênico, Ceramidas e Proteínas da Seda. Sua formulação contém Lumiskin® que aumenta a luminosidade, e se adapta a todos os tipos de pele. O resultado é um rosto radiante, com aspecto saudável, leve e luminoso. Indicada para todos os tipos de pele. Não comendogênico (não obstrui os poros).

…UAU! Tudo isso é a descrição da base que está em sua própria caixinha, mas claro que fazer muitas promessas envolvem altos riscos. Primeiro, a minha base (não sei se todas são assim) é mais cremosa do que líquida. Ela não é uma base fluida, gostosa de passar e que espalha com facilidade como a Perfect Face, pelo contrário, ela é mais espessa e, tanto com os dedos, quanto com pincel de base ou duo fibre, ela dá mais trabalho para chegar em um acabamento bonito. Outra coisa: embora ela ainda esteja no prazo de validade e ter sido comprada não há muito tempo, cada vez que eu uso a base da Make B., sai um líquido como se fosse água, antes de sair o produto (o mesmo acontece com o meu Corretivo 4 em 1) e eu não tenho idéia do que seja.

Essa coisa toda linda e maravilhosa de tecnologia de alta definição e micro partículas difusoras de luz é muito lindo e nada prático. Na vida real não tem como você saber a diferença entre uma base HD e uma base normal. Só para exemplificar, a minha Diorskin Nude, faz um trabalho infinitamente melhor do que a base d’O Boticário e não é um produto de alta definição, então, nem levo em consideração este aspecto. No mais, a cobertura dela é de leve à média e sozinha, ela não consgue disfarçar muito bem manchas muito escuras ou olheiras mais acentuadas, mas dá uma boa uniformizada no tom e deixa a pele com um aspecto bonito e aveludado. Uma pena que na minha cutis extremamente oleosa este resultado dure um pouco mais que 1h.

Sim, a base não aguenta com peles muito oleosas. Apesar de ser oil free e cheia de ingredientes hidratantes e antioxidantes, ela não tem um único agente que ajude a controlar o brilho da pele. Para uma marca nacional, de um país cujo 60% da população possui pele oleosa, acho que no mínimo essa possibilidade deveria ser considerada. Se as marcas estrangeiras tem mil e um tipos de base diferentes para diferentes tipos de pele, porque as nacionais também não podem ter? O resultado é que eu acabo usando o produto bem menos do que gostaria, já que ela não se acerta muito bem comigo e que a cor Bege Claro 22, sabe se lá porque, já não é mais a minha.

Bem… No fim das contas a base é ok. Nada demais nem nada de menos. Se eu compraria de novo? Provavelmente não. A base com efeito matte da linha Intense me pareceu muito mais interessante e em conta (R$19,90). A Base Make B. sai por R$38,30 (o que não é dos preços mais caros vide os R$118 da base da Contém 1g) e possui 9 tonalidades. Para quem tem a pele normal ou seca pode ser uma boa.

Avaliação Final: 3 estrelinhas.

Be Sociable, Share!

    Comentários do Facebook

    comentários

    • J. Margarida Canas

      Também ando com medo de testar! Sou super fã da Perfect Face, até do cheiro, e estou com medo de quando a minha chegar ao fim. Mas olha, experimenta a base em stick da linha Make B. É muito boa!

      Beijinho

      • @google-67fedac3e7852c9bf2ae4468db872790:disqus A minha Perfect Face se foi já faz um tempo… Fiquei completamente orfã e eu me dava tão, mas tão bem com ela… Vou dar uma olhda na base stick depois, quando uma das minhas acabar, porque o que não falta aqui é base! Hahahaha! #aloka

        Beijos!

    • Adorei a review! Bem explicadinha e honesta! Obrigada!!

      • @twitter-66013462:disqus Que bom que você gostou! Eu acho que sempre vale a pena sermos transparentes na opinião que temos à respeito de um produto. Gosto muito, mas muito mesmo d’O Boticário, mas tanto a base quanto o primer facial da linha Make B., deixaram muito a desejar comigo.

        Beijos!

    • Pois é, nessa onde HD a gente vai no embalo e compra bases que nem funcionam… Gostei da tua resenha sincera.
      Lila Czar
      seviracom30.blogspot.com

      • Exatamente! A maquiagem HD só funciona mesmo para quem vai filmar ou fotografar. Nestas situações a diferença é bem nitída para uma maquiagem comum e uma de alta definição. Para a “vida real”, tanto faz como tanto fez. É só mais um nome ali para deixar o produto mais caro e atraente.

        Fico feliz que tenha gostado da resenha. Obrigada!
        Beijos!

    • Marcela Silva Chaves

      Nunca imaginei que ela ia receber somente 3 estrelas. Essa linha da boticário teve tanto alarde quando lançou. imaginava produtos ótimos! essa aguinha que saiu na sua base tb sai de vez em quando numa base velha minha da avon… lol. acho que não é bom sinal!
      bjbj

      • @google-2b121a352c8603c276d730565e648a16:disqus Me disseram que este líquido é na verdade silicone. Se faz mal ou não, eu realmente não sei, mas me parece um processo semelhante ao do esmalte quando decanta: como o líquido é mais pesado, sai antes do produto em si,

        Sabe que eu também fiquei fascinada pela Make B. quando a linha foi lançada. Achei que os produtos que eu tanto amava, estariam ainda melhores e em embalagens mais bonitas e contemporâneas. Dos três itens que comprei, só o pó é o que costumo usar mais. Infelizmente. =

        Beijos!

    • Mei Granghelli

      Ainda não tive coragem xD to feliz com minha studio fix e com a velhinha da intense mesmo ^^
      Eu odieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei a base matte da intense oO
      sério… deixa a pele com um aspecto feio… meio “empoado”… sou muito mais a da linha normal deles… pelo menos deixa um aspecto bonito… 

      obs: tenho pele mista, mas meu nariz produz óleo suficiente pra dois rostos ¬¬

      • @4d34d7019747ed1faacdd4d0b99cb319:disqus A minha Studio Fix é a versão líquida e ela acaba tendo uma cobertura maior, então deixo mais para ocasiões em que preciso que a maquiagem dure mais tempo ou para festas. Da linha Intense eu ainda não usei nenhuma base, mas AMO o corretivo! Acho ele perfeito!

        Achei que a base matte talvez fosse uma boa para peles oleosas (porque a minha é muito oleosa mesmo), mas se deixa aspecto máscara… Aí acho que não vale a pena mesmo. É tão difícil achar uma base nacional boa para pele mista/oleosa, né?

        Beijos!

    • André Jambo

      Eu tb uso make boticario, tenho a pele super oleosa mas funciona pra mim.. e sim eu sei o que é aquela “águinha” que sai da base e do corretivo.. é a mesma que sai do Magix da Avon, é silicone.. pode ler e perceber que todos esses produtos são a base de silicone, o que é chato pq por exemplo, se vc suar o pigmento da base vai embora fácil, mas o silicone fica lá.. ele tapa os poros (isso é legal) mas ñ se mistura mto bem com o pigmento, ñ dá p vc diluir a base em água poe exemplo.. eu tb acho dificil trabalhar com ela.. a da linha lumiére é mto melhor em acabamento, mesmo com os brilhinhos dourados!

      • @google-0aa31b4c8d8a3db5e17a25688a563f11:disqus Que bom que ela funciona pra você! Comigo foi um desastre só! No calor então… Eu nem conseguia chegar perto dela. Passava a base no rosto mas não via a hora de chegar em casa e tirar, sabe? No inverno ela vai um pouco melhor, mas a oleosidade… Na minha pele não teve jeito MESMO.

        Pois é, esta base é bem difícil mesmo de trabalhar. Tentei aplicar de várias maneiras diferentes, mas não tem muito jeito… Sei lá. Nunca usei esta da linha Luimière. Era edição limitada, não?
        Beijos!

    • Não gostei desses produtos da Make B. Parece que tem esse nome bonito e strass na embalagem (do batom) só para encarecer. Capricharam em tudo menos na qualidade dos produtos. Eu prefiro os produtos da linha Intense, principalmente os matte. Esses sim são bem bons!

      • @facebook-100000841834623:disqus Eu também me decepcionei um bocado com os produtos da Make B. Sempre fui muito fã da maquiagem d’O Boticário, mas o Primer Facial e a Base Líquida realmente deixaram à desejar…

        Também gosto da linha Intense! Tenho um blush, corretivo e batons e o preço e a qualidade são muito bons! Melhores que os da Make B. com certeza! 

        Beijos!

    • @facebook-100002989862548:disqus Esta base também me decepcionou. Confesso que está até um pouco encostada no armário. Irei usá-la agora no frio só porque não quero ter a sensação de jogar quase R$40 no lixo… Na minha pele ela não fica opaca mas, assim como você, depois de pouco tempo o rosto já está bem oleoso… É uma pena. Me disseram que a base líquida da linha Intense é bem melhor do que esta, mas ainda não testei.

      Beijos!

    • Gabi, comprei uma hoje (como já falei pelo twitter) e só experimentei na hora, no canto do rosto. Achei a textura meio “pesada” por ser oil free e de difícil espalhabilidade.
      Só pra lembrar, a vitamina E que é encontrada em tudo que é produto antiaging, é oleosa. Eu trabalho em farmácia de manipulação e pra uso cosmético não existe outra forma de vitamina E a não ser a oleosa. Então é bom atentar pra quando o produto tiver essa tal vitamina.Minha pele é mista, vamos ver como ela reage com essa base. Vou à um casamento semana que vem e por isso comprei essa base, procurava algo com cobertura média (pra não ficar carregada) e de qualidade. Mas não comprei o pó pra complementar, não. Vou tentar usar o meu pó Renew pra ver se dá certo. Vou testar durante a semana.Comprei há 1 mês a base HD da Tracta e achei a cobertura tão leve que se tivesse proteção solar daria pra usar durante o dia tranquilamente. Realmente ela está sem utilidade aqui em casa, não serve pra nada, não cobre nem picadinha de pernilongo! rsGostei muito da resenha, muito honesta. É bom encontrar quem fala a verdade sem ser agressiva.Obs.: Quando eu era mais nova, fui algumas vezes pra São Paulo visitar primas e passeei muito no Matarazzo. Foi minha primeira experiência com shopping! (sou do interior de MG) Há uns 3 anos fui no Bourbon Pompéia, vou voltar lá mais vezes, claro. Agora passeio mais na ZS, onde meu namorado mora.

      Bjs (desculpe pelo testamento).

      • @twitter-83483473:disqus Eu espero que você goste! A minha base do Project Pan 10 finalmente acabou e agora eu estou atacando esta para que acabe também… Não é um produto ruim, mas para uma descrição tão pomposa e cheia de “rococós” eu esperava um resultado muito melhor. Para um casamento, eu acho que você fez uma boa aquisição. Maquiei minha cunhada que seria madrinha este fim de semana e usei esta base, ficou um resultado muito bonito.

        Como você tem a pele mista, pode ser que se dê melhor com ela do que eu. Depois me conta o que você achou, é bom saber como o produto se comporta em diferentes tipos de pele. =]

        O shopping Matarazzo era o mais próximo aqui de casa há alguns anos. Eu e minha família também passeamos muito lá, haha! As vendedoras d’O Boticário até conheciam a gente (e as atendentes do McDonald’s também, huahuahua)! Bons tempos! ^^

        Beijos!