Aleatoriedades de Segunda #21

Mudança 360º
Mudança 360ºC

Este ano eu decidi fazer muitas das coisas que até então eu só dizia que iria fazer. Uma delas incluía parar de tomar a medicação que me foi receitada lá em maio do ano passado. É um remédio bem forte para tratar, entre outras coisas, dores crônicas e portanto não posso simplesmente parar de tomar, já que ele tem diversos efeitos colaterais. A orientação do meu médico foi que eu procurasse alguma atividade física porque isto iria, aos poucos, substituir a medicação. Mas quem disse que eu fui? Bem, depois de tantos meses, resolvi dar um basta nisso e de quebra, ainda marquei consulta com endocrinologista e nutricionista para resolver coisas que eu estava empurrando com a barriga.

A matrícula na academia está feita, as roupas e o tênis foram comprados, os exames de sangue solicitados pelo endocrinologista foram feitos e, enquanto vocês estão lendo esta postagem, estou na minha primeira consulta com a nutricionista. Tudo isso me deu muito ânimo! Estou provando para mim mesma que sou capaz de resolver as coisas e mais que isso: tem coisas que só dependem da nossa força de vontade. Por exemplo: já fazem uns dois anos que venho falando em emagrecer, mas sem comer direito fica impossível. Foi preciso ouvir do médico que eu já estou com sobrepeso e colesterol bem alto para entender que eu não preciso virar “marombeira”. Mas preciso mudar meus hábitos e cuidar do meu corpo é bem estar com o mesmo zelo que cuido da minha beleza.

Meu objetivo não é ficar sarada, nem ser fitness, é apenas ser saudável e principalmente mudar minha alimentação, porque colesterol é coisa séria. Só quem tem casos de doenças cardíacas entre família e amigos sabe o real perigo que isto representa e honestamente, com 26 anos, acho que estou um pouco nova para ter este tipo de problema.

 

Conexão 24/7
Mudança 360ºC

Outro dia estava no trem e ao pararmos na estação Pinheiros vi aquele mar de pessoas de sempre, porém todas de cabeça baixa. É incrível como o celular ocupou um espaço muito maior do que deveria em nossas vidas. Eu não tenho plano de internet móvel por escolha: acho um absurdo o preço que as operadoras cobram pelo serviço péssimo e também não quero me ver nesta situação onde, de repente, perco a consciência do entorno e de tudo que acontece no mundo, para focar única e exclusivamente em mim. Porque seja tablet ou celular, cansei de ouvir as frases “se eu perder meu celular, eu morro” ou “minha vida toda está aí, não sou nada sem meu celular”. Estes aparelhos contemporâneos são mais egocêntricos do que imaginamos: o dia acontece e passa e você nem percebe que passou 24h sem desligar-se da internet.

Sou o tipo de pessoa que considera a maioria dos extremos prejudiciais e isto inclui o uso excessivo de celulares e tablets. De manhã, quando vou para o trabalho, gosto de observar a paisagem e as pessoas. Ver o que mudou, como está o dia e não ficar olhando para baixo. Aliás foi em uma destas oportunidades que descobri um pica-pau morando em uma árvore próxima da minha casa. Eu fiquei muito feliz aquele dia e não conseguia parar de contar parar todos sobre aquele pequeno e inusitado acontecimento.

Acho que em muitos casos, a internet tem deixado o mundo, de certa forma, mais frio. Precisamos de conversas reais, com pessoas reais. Abraços e beijos reais, de pessoas reais. E precisamos deixar de acreditar nos personagens que vemos no Facebook e Twitter porque muita gente que se diz ser tudo aquilo, na verdade só usa a tela como a mais perfeita de todas as fantasias. É hora de voltarmos um pouco para o mundo real.

 

Rockabilly Summer

Ainda na vibe do verão, porque não está fácil manter a dignidade nestes dias infernais, uma seleção de músicas (oferecimento do meu namorado) para pelo menos dar aquele “up” no ânimo!

Esmalte da Semana: Cashmere

Esmalte da Semana: Cashmere

Depois de uma maré de esmaltes coloridos, “o bom filho a casa torna”. Cá estou eu, de volta aos nudes! Não interessa a época do ano, muito menos a ocasião, os nudes são meus esmaltes favoritos! Usei o famoso “branquinho” por muitos anos e enjoei tanto, que minha versão para ele é o nude. Aproveitei que estava querendo “mãos de moça” para experimentar alguns esmaltes que ganhei de uma amiga. Vocês sabiam que a Océane Femme agora, além das maquiagens, também tem esmaltes? Eu não fazia ideia! E foi justamente um deles que escolhi para esta semana, o Cashmere.

A cor do esmalte me surpreendeu muito! É um nude lindo e bem próximo ao meu tom de pele, exatamente o que eu queria! Apesar disso, a textura do esmalte não me agradou muito… Achei um tanto quanto espesso e foram necessárias algumas pinceladas generosas para que a cor ficasse uniforme. Por outro lado, o acabamento não ficou grosseiro e as camadas de esmalte também não ficaram grossas. O brilho é de um esmalte comum, ou seja, finalizei a aplicação com um top coat e desta vez usei o MavaDry da Mavala – ele não é meu favorito, porque apesar de secar a superfície do esmalte, as camadas debaixo ainda estão frescas – para ajudar com as benditas bolinhas que teimam em aparecer por causa do calor (para isto, ele é excelente)!

Esmalte da Semana: Cashmere

A filha única também fiz com um esmalte da Mavala, o Sparkling Bronze que é um glitter lindo, lindo! Como o nome sugere, ele tem glitter bronze e também dourado e verde. Mas o verde é bem pequeno e só é visível se você olhar com bastante atenção. A base deste esmalte é incolor, ou seja, ele pode ser usado por cima de qualquer outra cor. Estou encantada com ele!

Hoje é sexta-feira e eu já estou aqui planejando meu esmalte da próxima semana…
O que vocês acharam desta cor? Já usaram os esmaltes da Océane Femme?

Bom fim de semana!

Marc Jacobs | Daisy Eau so Fresh

Marc Jacobs | Daisy Eau so Fresh

Meu gosto por perfumes mudou um bocado desde que comecei o blog. Há cinco anos atrás eu só me interessava por fragrâncias gourmand, que fossem carregadas com baunilha ou então, que tivessem entre suas notas aromáticas, caramelo, chocolate, pipoca doce. Ou seja, qualquer coisa muito, muito doce. Tanto que meu perfume favorito sempre foi (e continuará sendo) o descontinuado Miss Dior Chérie. Usei incontáveis frascos dele junto com o Angel Innocent de Thierry Mugler. Mas, conforme vamos ficando mais velhas, os gostos também mudam e, de repente, me vi entrando em uma categoria de perfumes que até então, eram quase insuportáveis para o meu olfato: os florais.

Percebi isso quando uma amostra do tão falado Daisy Eau so Fresh veio com uma compra feita em alguma loja online. Assim que borrifei o perfume, fiquei perdidamente apaixonada! Paixonite aguda mesmo, daquelas onde tudo é novo e excitante! Nunca, nem nos meus sonhos mais loucos, eu imaginaria um perfume floral tão, mas tão gostoso quanto este. Eu finalmente entendi porque tantas pessoas são apaixonadas pelos perfumes Marc Jacobs.

Daisy Eau So Fresh é uma interpretação mais animada da fragrância Daisy. Este perfume é mais frutado, mais borbulhante, mais divertido. Ao abrir seu frasco, você será transportada para um lugar ensolarado que explode com o cheiro alegre e doce das flores e frutas.
– Sephora

Marc Jacobs | Daisy Eau so Fresh

Cheiro alegre” é o que melhor define esta fragrância! Ela é leve, suave, divertida, cheia de vivacidade! Um aroma típico de uma tarde de verão em um parque de diversões. É o tipo de perfume que traz bom humor no seu dia, levanta o astral e até consegue te deixar feliz. Poderiamos dizer que são “sorrisos líquidos”, prontos para serem borrifados e espalhados por aí. Nunca tinha conhecido um perfume tão leve e ao mesmo tempo tão envolvente quanto este! Arrisco a dizer que ter adquirido o Daisy Eau so Fresh, foi uma das melhores compras dos últimos tempos, de tanto que eu quero usá-lo – fico até meio preocupada, pois tenho um bocado de perfumes e gosto de usá-los, até para não deixar passar da data de validade.

Na sua pirâmide olfativa estão a framboesa, toranja e pera como notas de saída frescas e levemente cítricas. No coração, rosa selvagem, violeta e maçã, formam uma tríade suavemente doce e por fim, a saída é uma mistura de ameixa, cedro e musk. Em essência, um perfume puramente frutal e floral, algo que jamais estaria figurando na minha coleção.

Eu comprei o meu há algum tempo em uma promoção, mas não lembro quanto foi o preço na época. Atualmente, a versão de 75ml pode ser encontrada por R$309 em lojas como a Beleza na Web e Sephora. Aproveito para dizer que tenho visto muitos posts patrocinados sobre a nova versão do Daisy, a Daisy Dream, mas, como ele saiu há algum tempo no exterior, desde o ano passado estou de olho nesta fragrância! Será que vou me tornar “a louca do Daisy” e não vou sossegar enquanto não tiver todos? Espero que não!

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi adquirido pela autora.

Natura Aquarela | Paleta de Sombras Nude

Natura Aquarela | Paleta de Sombras Nude

Sei que estou muito atrasada para falar desta paleta que, acabo de saber, foi descontinuada por ter sido uma edição especial de Natal. Mas quando o produto vale a pena, acredito que, mesmo sendo o a última a postar, vale o registro, afinal de contas, não é todo dia que aparece uma BOA “reprodução” da NAKED da Urban Decay, mesmo que seja em uma versão mais enxuta.

Esta paleta de sombras da linha Aquarela conta com 8 cores neutras, em tons de marrom e não apenas nisso, ela se parece com a prima rica da UD: destas 8 cores, apenas UMA é opaca, as demais, todas tem acabamento cintilante. Lembro que quando comprei meu exemplar da NAKED esta foi uma das minhas maiores críticas, afinal, como uma paleta com um nome destes, que remete tanto as cores da pele, pode trazer apenas uma cor sem brilho? Nada contra o acabamento cintilante, mas para o dia a dia, eu sou daquelas que prefere muito mais o acabamento matte, sóbrio e sem nenhum sinal de purpurina por perto. Mesmo assim, por serem tons neutros, a paleta da Natura mostra-se muito versátil e usável.

Algumas pessoas podem sentir a falta de uma sombra preta. Honestamente, eu não faço muita questão. Sombra preta é uma coisa que todo mundo quer, é uma das primeiras sombras que compramos e portanto, a maioria de nós já tem, se não um, muitas delas guardadas na gaveta. E sejamos sinceras: quantas vezes por ano você faz aquele mega smokey eye super mega hiper blaster preto? Se eu fizer uma vez por ano, é muito! Sendo assim, não acredito que isso seja, de modo algum uma falha do produto.

Natura Aquarela | Paleta de Sombras Nude Natura Aquarela | Paleta de Sombras Nude

Uma coisa no entanto me incomodou, bastante: além da cor café ser a única opaca, é também a mais dura e a com menor pigmentação. Os swatches acima foram feitos com os dedos, sem o auxílio de primer e é possível ver como esta cor não está uniforme como as demais. Todos os tons cintilantes são bem macios, fáceis de passar, esfumar e bem pigmentados, mas esta última cor… Me decepcionou um bocado, justamente por ser a única sem brilho.

Fora isso, apesar das sombras serem boas, não tem como esperar a qualidade da Urban Decay, ou até mesmo que as cores sejam gêmeas. Eu acredito que esta paleta seja bem vinda para quem não quer ou não pode investir na NAKED e daria-se por satisfeita tendo uma paletinha dessas (agora, se você vai comprar esta e ainda ficar sonhando com a da UD, melhor juntar o dinheiro e comprá-la logo de uma vez, do que comprar duas vezes). Também vale para quem está começando sua coleção de maquiagem e como uma opção de presente para as amigas que amam se maquiar, porque com essas cores, é difícil errar.

Por fim, eu realmente não sei se este produto ainda está ou não no catálogo da Natura, mas na época em que saiu, o preço era de R$58,60. Eu acho muito justo por 8 cores de sombra, em um estojinho bem fofo (apesar de ser um pouco frágil por ser de um plástico não tão robusto) e que acompanha um bom espelho e ainda um pincel duplo para esfumar e aplicar. Se não estiver mais à venda, espero que a Natura reconsidere, porque sei que tem muita gente por aí que gostaria muito de ter uma paleta como estas em casa ou para carregar no necéssaire.


Onde?
Natura
www.redenatura.com.br
0800 777 2467

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi enviado por uma marca ou assessoria de imprensa, mas a publicação deste texto não é remunerada. O Lipstick Corner se recusa a aceitar produtos de marcas ou assessorias que exijam a publicação de resenhas para preservar a opinião, negavita ou positiva, da autora.