Tag: maquiagem mineral

Ecotools | Kit de Pincéis para Viagem

Ecotools | Kit de Pincéis para Viagem

Na minha opinião, se tem uma coisa em que realmente vale a pena inve$tir são os pincéis. Eles não tem prazo de validade e se bem cuidados duram muito, muito tempo! Portanto eu não tenho muita dó de realmente gastar com este item. Uma das minhas últimas aquisições foi um kit com quatro pincéis da Ecotools, uma marca de produtos sustentáveis, onde os pincéis são feitos de bambu e as cerdas são sintéticas. Nos EUA a marca tem uma gama bem grande de produtos, que passam desde pincéis de maquiagem até acessórios do banho, cílios postiços e uma linha assinada pela atriz Alicia Silverstone. Aqui no Brasil a Ecotools chegou há pouco tempo e os produtos disponíveis são apenas os pincéis.

Este kit que eu comprei é indicado para a aplicação de maquiagem mineral. Além dos pincéis ele também conta com um pequeno nécessaire para guardá-los e colocá-los na bolsa ou na mala de viagem. No total, o kit contém:

Ecotools | Kit de Pincéis para Viagem
  • 01 pincel para pó mineral
  • 01 pincel para corretivo mineral
  • 01 pincel para esfumar
  • 01 baby kabuki

O tamanho é perfeito para carregar na bolsa, principalmente para quem costuma fazer retoques na maquiagem durante o dia. As cerdas são muito, muito macias mesmo! E com estes quatro pincéis, dá pra fazer uma maquiagem básica para o dia a dia: eu estou aplicando a base com as mãos, então durante o dia uso ou o kabuki para retocar o pó e o pincel maior para o blush. Os outros dois eu não uso tanto assim, mas quando vou sair e preciso apenas reforçar a maquiagem dos olhos, aí sim lanço mão deles.

É um kit bem prático e básico. Pelo que eu andei vendo por aí, parece que a carinha dele mudou lá fora, o nécessaire está estampado e mais bonito e a parte de alumínio e as cerdas, também mudaram de cor, mas ao que parece a qualidade continua a mesma. Não lembro ao certo quanto eu paguei, mas na loja online da Konad Brasil (nunca comprei lá) ele está por R$29,90 o que é um ótimo preço, por pincéis tão macios!

Ecotools | Kit de Pincéis para Viagem

Fiquei muito interessada em outro kit da marca, o Fresh and Flawless. Alguém já usou?

Testei: bareMinerals Mineral Veil

Não é novidade para ninguém que eu tenho a pele mega oleosa e vivo em uma procura constante de produtos que me ajudem a contornar este “problema”. A base perfeita para isso eu já encontrei e não me canso de repetir que é a Revlon ColorStay Combination/Oily Skin (tem resenha dela aqui) e o pó, até então, ou era a Shiseido Pureness Matifying Compact (também tem resenha aqui) ou o Blot Power Pressed da M·A·C. Ambos estão acabando, já dá pra ver o fundo da embalagem e eu simplesmente não consigo me decidir qual comprar primeiro.

 
No entanto, desde o lançamento da bareMinerals no Brasil, como eu já comentei aqui, recebi alguns produtos da marca para testar. Entre eles estava um dos meus grandes xodós, a Base Mineral Original que eu já mostrei aqui e estava também o pó finalizador, Mineral Veil. Obviamente eu não esperava que ele fosse capaz de deixar minha pele super, super sequinha como o Blot, mas como eu amei a base, pensei que seria uma boa ideia insistir no uso dele, com o intuito de ver se ele ajuda a segurar a base e a oleosidade da pele por mais tempo.

O Mineral Veil é um pó mineral translúcido que é ideal para ser utilizado após toda a aplicação da maquiagem. O pó finalizador ajuda a absorver a oleosidade e minimiza as linhas finas de expressão e poros dilatados, dando um ar de perfeição à pele. O Mineral Veil pode ser usado para retocar a maquiagem e dar maior fixação ao longo do dia.

Antes de qualquer coisa um fato curioso em relação ao Mineral Veil: apesar do nome mineral, ele é basicamente composto de amido de milho (além de estearatos de zinco e magnésio e óxidos de ferro), então não é um produto 100% mineral. Não que isso tenha alguma importância enorme, mas é bem curioso. Enfim, o produto tem algumas apresentações como uma versão tinta, outra iluminadora, hidratante com FPS25 e a original. Tenho estas duas últimas, mas vou falar hoje sobre o Original que é um pó translúcido, ou seja, não adiciona nenhuma cor à maquiagem.

A textura dele é muito, muito fininha! Nenhum dos meus pós é tão leve quanto esse. E por ele ser tão fininho assim, não deixa a pele carregada como pode acontecer com um pó compacto comum. Apesar de ajudar na absorção da oleosidade, ele não tem característica matificante, o que eu simplesmente amei. Embora eu goste de pós que deixam a pele bem sequinha, os acabamentos muito matificados não me agradam. Não gosto do efeito quase plástico que alguns produtos deixam na pele. Prefiro que ela tenha um pouco de viço, um brilho natural, de pele saudável. Neste quesito o Mineral Veil cumpre muito bem seu papel: enxuga a oleosidade sem plastificar a pele.

Em relação ao disfarce de linhas de expressão e poros dilatados, é meio difícil notar alguma diferença depois de ter lavado o rosto, tonificado, hidratado, passado protetor solar, primer, base, corretivo, blush e assim por diante, então eu realmente não sei dizer se ele ajuda ou não. O que posso afirmar com certeza é que mesmo usando a Base Original ou qualquer outra base líquida que eu tenho, ele ajuda muito na fixação! E claro que aí não entra só na base, mas todos os produtos que você estiver usando. Também não vou dizer que dá para passar o dia todo sem retoque, ainda mais se você tiver a pele oleosa e morar no forninho chamado Brasil, mas retocando o pó uma vez no dia, aí sim dá pra aguentar bem.

O único ponto negativo é o preço, como sempre. Ele tem 9g e custa R$99. Apesar de caro, em comparação aos produtos que eu citei lá no começo da resenha, ele é o mais barato, então se você está procurando um produto que ajude a fixar a maquiagem deixando a pele bonita e que ajude a controlar a oleosidade, ele é uma excelente opção. Vou aproveitar que o verão está aí para testar a versão com FPS25 também, que é uma ótima maneira de retocar o protetor solar sem ter que remover toda a maquiagem.

Avaliação Final: 4 estrelinhas.

bareMinerals | Sombras & Batons

Desde o lançamento da bareMinerals no Brasil, eu estou com alguns produtos da marca para testar. Eram muitas coisas e a base (que eu já mostrei aqui) foi o item que eu mais usei e gostei. No entanto acabei usando outras coisas também e vim dividir um pouco mais sobre a marca aqui com vocês. Hoje vou falar um pouquinho sobre as sombras soltas e os batons (ganhei dois de cada).

As sombras que eu recebi da marca foram a Black Ice e a Camp. A Black Ice é um pouco mais translúcida do que a Camp em termos de pigmentação, mas ainda assim é uma sombra linda! Nas fotos acima apenas apliquei ambas na pálpebra inteira e no côncavo para demonstrar bem a cor. A cor Black Ice é um cinza chumbo com muito brilho! Uma sombra que ficaria perfeita em um smoky eye bem preto, para adicionar bastante brilho. Já a Camp é um cobre com acabamento acetinado que pode ir bem com um marrom profundo opaco por exemplo.

No dia do evento, a mesa estava repleta destas sombras e tem cores que são absolutamente incríveis! A Azure e a Liberty são duas cores que estão na minha wish list. O único ruim é que, como a maioria das marcas importadas o preço é salgado: cada uma custa R$72. Eu compraria se me apaixonasse mesmo por alguma cor e não tivesse nenhuma parecida na minha coleção.

Os batons também são bons. Boa pigmentação, boa variedade de cores, fixação e, apesar de serem hidratantes, tem um toque mais seco do que a maioria dos batons. Não fica pegajoso. A única coisa que me incomodou um bocado neles é o cheiro: parece alguma coisa meio rançosa, sabem? Mas como são produtos minerais, sem fragrância, parabenos, talco, conservantes e etc, acho que este é o cheiro característico dos ingredientes do batom (óleos de jojoba, gergelim, macadâmia, coco, Tahitian Monoi e manteiga de cupuaçu).

O preço deles é R$76. Também não é barartinho, mas está na média da maioria das marcas importadas.

Alguém já usou mais algum produto da marca? Já foram em alguma loja conhecer? Eu sou suspeita para falar porque me apaixonei pela bareMinerals, mas tem alguns produtos que realmente vale a pena conhecer.

Testei: Valmari Hydracorrect

Já faz um tempo que recebi este produto para testar, mas confesso que não dei muita bola para ele. Primeiro porque eu já tenho muitos pós abertos e depois porque esta embalagem “pufe” é uma das que eu menos gosto. Deixei ele enconstado por um bom tempo, mas no final do mês passado resolvi dar uma chance para ele, pincipalmente por ser um produto mineral e com fator de proteção solar 60. Achei prático e que, talvez pudesse resolver o problema de retocar o protetor durante o dia, sem precisar tirar toda a maquiagem.

 

Hydracorrect Pó Mineral Translúcido PFS60 é um pó translúcido hipoalergênico de muito alta proteção contra raios solares UVB e UVA. É formulado com partículas micronizadas, que criam um filme aveludado na face, uniformizando e disfarçando leves imperfeições. Sua ação protetora solar combate a agressão imediata da irradiação solar, previne contra a oxidação e inibe danos às células cutâneas. Adaptado a todos os tipos de pele, proporciona ainda sutil acabamento mate, reduzindo o brilho de oleosidade e minimizando os poros dilatados.

A embalagem é prática para levar na bolsa e tudo mais, mas eu continuo não gostando dela. Esta “esponja” aplicadora não é higiênica, concentra muito produto, não esfuma e deixa um acabamento feio, nada uniforme, então, seja pó ou blush, eu sempre uso um pincel para dar acabamento e esfumar o produto – com este da Valmari não foi diferente. O pincel se faz ainda mais necessário por causa da textura do produto: o pó não é fininho, pelo contrário, ele tem até grânulos bem grandes e o tal do “pufe” deixa mesmo o pó acumulado e não espalha. Ele também forma uma “nuvem” de produto que faz um pouco de sujeira, mas nada muito drástico.

Apesar de não ser um pó fininho, ele deixa um acabamento bem bonito na pele, não fica completamente matificado, mas é o suficiente para ajudar a controlar a oleosidade, deixando a pele com o viço saudável. Ele controla bem o brilho em dias de clima mais ameno; não tive a oportunidade de testar em cimas bem quentes, mas nos dias que usei ele pela manhã, terminei o dia com a pele bem sequinha e com pouca oleosidade em áreas mais críticas como a testa, nariz e queixo. Isso me surpreendeu muito! Se usado sozinho, ele quase não adiciona cor, mas dá uma leve (bem leve mesmo) camuflada em pequenas imperfeições. Apesar disso, não sei como ele se comporta em peles morenas e negras, já que só tem uma cor disponível.

É um produto bem prático para carregar na bolsa e retocar o protetor durante o dia. O FPS é bem alto, 60, e ele também é hipoalergênico, ou seja, adequado para as peles sensívels. Eu só não gostei mesmo da embalagem, que por mim poderia ser com pincel, como é a do protetor solar da bareMinerals e a textura também poderia ser mais fina. Fora isso, até o preço não é tão absurdo: com 7g o pó custa R$76. É um pouco carinho, mas existem poucos produtos no mercado que possuem esta finalidade e qualidade. Provavelmente eu compraria sim.

Avaliação Final: 3,5 estrelinhas.