Tag: clinique

Testei: Clinique High Impact Mascara

Testei: Clinique High Impact Mascara

Os anos vão passando e, apesar de ter encontrado meu grande amor em forma de máscara para cílios, ainda teimo em encontrar algo que supere a minha querida Hypnôse da Lancôme. Eu sou fã de cílios bem volumosos, mais do que longos e honestamente, não ligo muito para curvatura, uma vez que o curvador de cílios é item obrigatório na minha maquiagem para os olhos. E nesta empreitada que me parece bem impossível, já testei vários produtos, incluindo a famosa The Colossal Volum’ Express da Maybelline, que apesar de gostar muito, ainda não chega aos pés da “prima rica francesa”.

E eis que entre uma maquiagem e outra, comecei a ficar interessada pelos produtos da Clinique. Já uso há muitos anos o Sistema 3 Passos da marca para peles oleosas, que é a melhor combinação para a minha pele! Também sou fã do All About Eyes e do Even Better Dark Circle Corrector, dois cremes para a área dos olhos, sendo que o primeiro é hidratante e atenua levemente a aparência de bolsas e olheiras e o segundo, é um creme clareador para olheiras escuras que, apesar de não acabar com o problema, ajuda no aspecto geral desta região. Dos produtos para pele para a maquiagem Clinique, é um passo! Ainda mais se você tiver a chance de experimentá-las antes de comprar. E foi justamente isso que fiz com uma das máscaras de cílios mais famosas da marca, a High Impact Mascara.

Testei: Clinique High Impact Mascara

Drama instantâneo. Aumenta o volume e o comprimento de cada um dos cílios para um look mais luxuoso, volumoso e sedutor. A cor profunda aumenta o impacto. Use uma vez e você se sentirá nua sem ele.

Com uma descrição sucinta e sedutora como esta, não tem como ao menos ficar curiosa com a High Impact Mascara. Para a minha sorte, em uma das vezes em que fiz compra pela loja online da Clinique, a tal máscara de cílios veio de presente em versão miniatura. Lá estava a oportunidade perfeita para finalmente entrar no mundo de maquiagem da marca! Apesar de mini, acreditem, deu para perceber muito bem como ela é.

Antes de falar do efeito em si, vale pontuar algumas coisas. A grande maioria das máscaras de cílios tem sua melhor performance algum tempo depois de aberta, isto graças (acreditem se quiser) a entrada de ar no tubo. Sim, o mesmo ar que faz com que o produto resseque é o responsável por deixar a fórmula da máscara mais encorpada e desta forma, especialmente para quem gosta de cílios volumosos, o resultado final da aplicação acaba sendo mais satisfatório do que o de um produto novo, em que a fórmula ainda esta mais “rala”. Estou dizendo isto justamente para falar que, diferente da grande maioria das máscaras, a High Impact já vem com a textura certa: nem muito rala, nem muito espessa. Isso significa que, em teoria, ela deveria ser tão, ou mais perfeita do que a Hypnôse em matéria de volume. Mas, com eu disse, isto ficou mesmo só na teoria.

Preciso confessar que fiquei um tanto quanto decepcionada com o resultado final da aplicação. Onde está o “drama instantâneo”? Esta foi a grande pergunta que me veio a mente. Apesar da textura ser ideal, me parece que o aplicador não acompanha a mesma linha. Ele é bem grande, mas não deposita tanto produto assim nos cílios, que deixa o drama de novela mexicana mais parecido com uma comédia romântica com Reese Witherspoon. Para quem gosta de cílios com aspecto mais natural, talvez seja uma boa escolha. Digo talvez porque, apesar de não entregar tanto volume, ela é bem preta! Não chega a ser “a mais preta de todas”, porque este posto, pelo menos entre os produtos que já testei, continua pertencendo à Zoom Fast Black Lash da M·A·C, mas ela é bem preta! Acho que na verdade, pode ser um produto ideal para – PASMEM – quem gosta de fios mais longos, mesmo este não sendo um dos benefícios oferecidos oficialmente pela Clinique. Acredito que também vale pontuar que, apesar desta versão não ser à prova d’água, ela é bem resistente ao calor e não borra com o suor do rosto (mas se você chorar em um casamento ou assistindo à um filme, com certeza ela não resistirá).

Testei: Clinique High Impact Mascara

Resumindo a resenha: ainda bem que eu não comprei a High Impact Mascara! Teria ficado muito, mas muito frustrada de ter gasto doídos R$79 em um produto que promete volume incrível, mas entrega cílios longos. Vejam bem, ela não é ruim, mas para a promessa que faz, deixou muito a desejar! Para quem estiver disposta a desembolsar tanto dinheiro, é uma opção para o dia a dia. Do contrário, ainda fico com a querida Hypnôse. E ah! Fica a dica: se você tem curiosidade de experimentar algum produto da Clinique, vale a pena ficar de olho no site, pois sempre tem promoções com as miniaturas da marca, o que é uma ótima maneira de conhecer os produtos. No meu caso por exemplo, foi muito bom! Economizar R$80 em tempos de ameaça de alta inflação, é uma vitória e tanto!

 

Detalhes da nota:

Embalagem

3/5

Textura

5/5

Pigmentação

4/5

Durabilidade

3/5

Preço

2/5

Avaliação Final: 3,4 estrelinhas

INGREDIENTES CLINIQUE HIGH IMPACT MASCARA
WATER\AQUA, COPERNICA CERIFERA (CARNAUBA) WAX, STEARIC ACID, GLYCERYL STEARATE, POLYISOBUTENE, SILICA, ACRYLATES COPOLYMER, AMINOMETHYL PROPANEDIOL, VP/EICOSENE COPOLYMER, SODIUM HYALURONATE, LAUROYL LYSINE, PANTETHINE, MELANIN, PANTHENOL, HYDROLYZED WHEAT PROTEIN, ETHYLHEXYLGLYCERIN, HYDROXYETHYLCELLULOSE, CALCIUM ALUMINUM BOROSILICATE, PVP, ACACIA SENEGAL GUM, ISOSTEARIC ACID, SIMETHICONE, DIMETHICONE PEG-8 POLYACRYLATE, UREA, GLYCERIN, PENTAERYTHRITYL TETRA-DI-BUTYL HYDROXYHYDROCINNAMATE, SODIUM LAURYL SULFATE, PEG-8 DIMETHICONE, DISODIUM EDTA, CHLORPHENESIN, SODIUM DEHYDROACETATE, PHENOXYETHANOL [+/- IRON OXIDES (CI 77491, CI 77492, CI 77499), YELLOW 5 LAKE (CI 19140), CHROMIUM OXIDE GREENS (CI 77288), MICA, TITANUM DIOXIDE (CI 77891), FERRIC FERROCYANIDE (CI 77510), CHROMIUM HYDROXIDE GREEN (CI 77289), CARMINE (CI 75470), BISMUTH OXYCHLORIDE (CI 77163), ALUMINUM POWDER (CI 77000), BRONZE POWDER (CI 77400), BLUE 1 LAKE (CI 42090), ULTRAMARINES (CI 77007)] [ILN36293]


Onde?
Clinique
www.clinique.com.br
0800 892 1694

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi adquirido pela autora.

Autobronzeador: a missão!

Autobronzeador: a missão

Já disse por aqui que não sou fã do verão. Aliás, calor só me agrada em duas situações: à beira do mar ou da piscina. Além disso, acho que deveria ser proibido qualquer temperatura acima dos 25ºC no interior do país, sendo as temperaturas mais altas, reservadas exclusivamente às áreas litorâneas. Sonhar ainda pode, certo? Enfim… Com o forno que vira São Paulo esta época do ano, simplesmente não tem como não tirar do armário, shorts, saias e vestidos. Mas, se você como eu, vê na calça jeans sua best friend forever, quando chega o verão bate aquele desespero: falar que eu estou com as pernas da cor da parede ou que sou meia-irmã do Gasparzinho, seria até bondade. Hahahahaha! Fora isso, eu ando um bocado à pé e estou sempre de sapatilha, o que resultou em um pé bicolor: os dedos e o calcanhar estão brancos, mas o peito do pé, onde bate sol está até bem moreninho.

Se eu não tivesse nenhum evento importante ou, mais ainda, se não estivesse gostando de usar saias evasê sempre que possível, não estaria nem ligando sobre o fato de meu corpo estar de duas cores. Mas acontece que além do calor, tenho um casamento durante o dia no final do mês e honestamente… Não tem como colocar um vestido e uma sandália sem aquele pedaço de pé ficar gritando: “Oiê! eu trabalho no escritório e não fui à praia”! Por fim, cá estou: não apenas para falar sobre alguns produtinhos que ajudam dar uma cor de verão à pele, mas também para pedir um S.O.S.

No mercado existem os auto-bronzeadores que são os produtos com cor e efeito quase imediato, os hidratantes corporais com efeito bronze gradual, sendo o mais famoso deles o Dove Summer Tone e a maquiagem corporal, como sprays que tem efeito “meia-calça” e prometem acabamento natural, porém são laváveis. Eu prefiro os hidratantes corporais com efeito bronze e, para falar a verdade foi apenas este que usei até hoje. Acho que criei um certo “trauma”, porque na minha formatura de 8ª série eu estava de vestido, com as pernas brancas e cheias de marcas de machucados. Minha tia acabou comprando uma base facial de um tom mais escuro para eu aplicar e… Quem disse que aquilo secava? Só sei que estava quase pronta e tive que voltar para o chuveiro para tirar a meleca e acabei encarando a cerimônia de pernas brancas mesmo.

Autobronzeador: a missão

Destes produtos da foto, os que eu realmente usei foram o Autobronzeador da PanVel e o Dove Summer Tone. O da PanVel é meio engraçado porque ele é uma loção branca que vai oxidando em contato com a melanina e o bronzeado aparece depois de 3h da aplicação mais ou menos. Ele dura dois ou três banhos se você não reaplicar – apesar de que, na embalagem diz que usar uma vez por semana é o suficiente para manter a cor. O que eu não gosto dele é que é “muito fraquinho”, mesmo aplicando por dias seguidos, a pele não fica bronzeada como eu gostaria. Já o Dove Summer Tone tem efeito gradual: você passa por uma semana e só depois vê a cor. Mas acho ele muito amarelado. Não fica uma cor bonita e natural.

Por sua vez, o produto da Natura é novo. É da linha Tododia e é uma maquiagem para as pernas. Um hidratante com cor que promete disfarce de imperfeições além de iluminar a pele. Ainda não testei como gostaria, mas parece promissor para quem não tem as pernas branquelas (o que não é meu caso). E o segundo é um spray tipo “meia-calça” também da PanVel. Já usei um bocado e ajuda, mas não opera o milagre que eu estou precisando para deixar minhas pernas o mais próximo possível do monocromático.

É aqui que preciso de ajuda. Já pesquisei por aí e estou muito em dúvida sobre qual autobronzeador comprar. Estou muito tentada em testar um da Shiseido, mas queria ouvir de quem já tem experiência com este tipo de produto: qual você me recomenda?

Para quem está à procura de uma corzinha de praia sem sol, também juntei aqui embaixo algumas opções que encontramos no Brasil.

Seleção de Autobronzeadores

1. O Boticário Cuide-Se Bem Solar Autobronzeador – R$33,99 | 2. Shiseido Brilliant Bronze Quick Self-Tanning Gel – R$217 | 3. Kiehl’s Sun-Free Self-Tanning Formula – R$102 | 4. Avène Autobronzant Hydratant – R$87,67 | 5. Dior Bronze Huile Somptueuse Éclat Naturel – R$209 | 6. Clinique Self Sun Body Tinted Lotion – R$109

Aleatoriedades de Segunda #15

Das coisas que não gosto: comprar roupas.
Aleatoriedades de Segunda #15

Não tenho paciência e fim. Muitas vezes passeio pelas lojas de departamento, pego uma ou duas peças mas a preguiça de provar é tanta, mas tanta que acabo deixando por isso mesmo e devolvo as peças onde as encontrei. Além disso, sou uma pessoa muito, mas muito chata para comprar roupa. Um exemplo? Calça jeans. Uso todos os dias, mas gosto de apenas um modelo: reta. E onde se acham calças jeans retas em terra onde só há o modelo skinny cada vez mais e mais agarrada? É um verdadeiro desafio. E me cansa tanto que só compro quando realmente preciso em lojas que sei que não vou precisar passar pelo estresse de provar mil e uma calças que ficam justas na coxa e largas na cintura.

Sapatos e bolsas? Também não ligo. Uso sapatilhas para tudo. Tenho 1,73m e meu maior pesadelo são saltos. Mas eis que quando vou comprar algum sapato, o que sobra na minha numeração são sempre os saltos de 15cm. Ou seja, parece tudo ao contrário. Então estou sempre de sapatilha ou bota sem salto. Vestuário é uma coisa que me cansa e eu não consigo entender como a maioria das mulheres consegue encarar como terapia, huahuahuahua! É simplesmente muito estressante.

 

Em compensação… Compras de beleza!
Aleatoriedades de Segunda #15

Claro que para comprinhas de beleza a preguiça é 0 e a vontade é sempre maior do que a minha conta bancária permite, hahaha! Mas nos últimos tempos andei comprando algumas coisinhas novas que estava de olho há tempos, ou que por força do destino, esbarrei em uma prateleira com uma luz divina iluminando o produto e um eco chamando meu nome, mas que enfim, renderam algumas coisas interessantes!

Aí na foto tem duas bases novas: Velouté Mat da Le Lis Blanc e Anti-Blemish Solutions da Clinique. Também comprei um corretivo novo para substituir o Boi-ing da Benefit e escolhi o Correcting Concealer da bareMinerals. Também comprei a esponja Goutté da Le Lis que dizem ser tão boa quanto a famosa Beauty Blender.
Já o Primer Potion é em função do meu pequeno que veio acompanhando alguma paleta estar bem no fim.

Para os lábios, como eu sou #aloka do lip balm tem três novidades: Lip Relief Cream da Blistex, Regenerador Labial Bepantol e Rêve de Miel da NUXE. Da M·A·C comprei o batom Patisserie. Claro que ainda não testei tudo, mas adianto que estou SUPER empolgada com a base da Le Lis Blanc então é bem provável que vocês vejam ela primeiro por aqui.

 

Lado B

Para esta segunda-feira, a playlist foi um tantinho inspirada em 7 anos de namoro com um cara que adora rock e que aos poucos está me fazendo descobrir bandas! Então juntei um pouco do que eu ouvi na adolescência com um pouco do que estou conhecendo e cá está, um pedacinho do meu “lado B”, para quem curte rock.

Esmalte da Semana: Indie Rock

Esmalte da Semana: Indie Rock

Desde que a Clinique lançou sua linha de esmaltes eu fiquei muito curiosa. Os esmaltes são especiais para peles sensíveis, que sofrem constantemente com reações alérgicas e por isso imaginei se a textura e a durabilidade seriam as mesmas de um esmalte comum. No fim cá estou não com uma, mas com duas cores: Happy Hearts e a de hoje Indie Rock. E vou falar para vocês: se não fosse o precinho nada camarada de R$57, com certeza eu teria outras cores.

Esmalte da Semana: Indie Rock

Esta é a segunda vez que eu uso o Indie Rock que eu achei uma cor “a cara o do outono.É um marrom acinzentado cintilante com micro, micro brilhos dourados que deixa a cor linda! Não tenho nenhum esmalte parecido com este em toda a minha coleção. A textura também é ótima e ele fica perfeito com duas camadas. A única coisa que não é lá muito boa (pelo menos da primeira vez em que eu usei) é a duração: em dois dias minhas unhas já estavam lascadas e eu até tentei dar um jeitinho, mas achei melhor tirar.

Não sei se vocês repararam também, mas eu ando numa fase de ombré como filha única e uma cor diferente no dedão. Não sei o que acontece, mas eu simplesmente não consigo evitar, hahaha! Esta semana eu usei o Stardust da segunda coleção da Hello Kitty da Hits Speciallità. Para ele ficar bem fechado no dedão foram boas quatro camadas de esmalte, porque na verdade, ele é um glitter bem ralinho.

O que acharam desta cor?
Bom fim de semana!

 

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi adquirido pela autora.