Tag: make up forever

Propaganda de Cosméticos – Verdade ou Ilusão?

Recentemente uma propaganda da Lancôme com a atriz Julia Roberts, referente ao produto Teint Miracle, e outra da Maybelline, com a atriz Christy Turlington sobre o corretivo Instant Anti-Age The Eraser, tiveram sua veiculação proibida no Reino Unido. O motivo? A pós produção alterou drasticamente o resultado original das fotos (a matéria completa pode ser vista aqui). Comprar cosméticos já não é uma das tarefas mais fáceis. Existem mil e um tipos e marcas de sabonetes, hidratantes, shampoos, condicionadores, tratamentos faciais, dermocosméticos, maquiagens e tantos outros itens que vivem em nossas, bolsas, necessaires e banheiros. É óbvio que não é possível confiar em tudo que se vê. Como designer de interfaces digitais, sei muito bem o poder que uma pós-produção bem feita tem sobre qualquer imagem, o que dirá em um anúncio.

É fato também que 99% das propagandas são alteradas de alguma maneira. Nós dificilmente vemos a imagem crua, tal qual ela saiu da câmera do fotografo. Às vezes, uma sombra precisa ser atenuada, ou uma mancha precisa ser corrigida, mas outras vezes os retoques fazem transformações radicais nas modelos e atrizes. Uma das propagandas que mais usa este tipo de artifício, são àquelas direcionadas à venda de máscaras de cílios. Creio que 90% delas usa cílios postiço e o efeito ainda é trabalhado na pós-produção. Claro que a informação vem em letras miúdas. Eu não sei vocês, mas cada vez que compro um produto destes, me vejo boiando em um mar de frustração, já que o efeito anunciado nunca poderá ser alcançado na vida real.

O mesmo acontece com a nova mania do mundo da maquiagem: high definition. Criou-se uma aura em torno destes produtos em que os mesmos seriam como Photoshops em versão base, corretivo e pó. Não vou entrar aqui no mérito dos produtos serem bons ou não, mas a verdade é que no dia-a-dia, não faz a menor diferença se a sua maquiagem é a HD ou não (palavras vindas de maquiadores experientes), a não ser que você ande com uma tela de TV grudada na frente do rosto. Mesmo assim, corremos atrás da pele perfeita, flawless, que vemos no anúncio. Aproveitando, a Make Up Forever, fez um anúncio em que a foto não havia sido retocada, mas, novamente, a base HD foi especialmente desenvolvida para fotografia e filmagem.

Atualmente, podemos contar com resenhas em blogs para saber o real efeito de um produto. Será? Algumas pessoas começam também a colocar em cheque-mate a opinião das blogueiras (a Dai do TPM Moderna, fez um post falando só sobre isso aqui). E então? Como lidar com a situação? Como você escolhe seus produtos de beleza? Você confia nas imagens e promessas que vê em um anúncio de TV? Uma base milagrosa, uma máscara de cílios que promete volume extraordinário, um anti-rugas que apaga em até 80% os sinais do tempo. Não podemos desacreditar de tudo, mas também é ingenuidade acreditar em tudo.

E então meninas? O que vocês pensam das propagandas de cosméticos? Elas contam pontos na hora da escolha?