Tag: base

Vitrine

Vitrine

 

1. Avon | Batom Beijo Total
A nova coleção de batons Beijo Total, possui o Complexo Triplo de Maciez da Avon, feito com condicionantes que reduzem a aparência das linhas, deixando os lábios macios e com um volume extra. São dez cores que também contam com FPS 15, protegendo contra raios nocivos do sol.

2. Revlon | PhotoReady Airbrush Mousse Foundation
A nova base da Revlon tem textura de mousse e efeito de airbrush, criada para cobrir totalmente as falhas e as imperfeições da pele, que aparecem nas imagens digitais de alta definição. Possui textura leve, que permite uma aplicação uniforme, com cobertura perfeita, para uma pele lisa e sem poros. É formulada com pigmentos fotocromáticos, que refletem a luz para minimizar falhas, para uma maquiagem perfeita diante de qualquer luz – externa, interna, de flashes ou câmeras.

3. Vichy | Normaderm Total Mat
Vichy lança seu primeiro primer – Normaderm Total Mat – cuidado antibrilho e antiumidade, com hidratação por 24h. Com textura inovadora toque seco, Normaderm Total Mat funciona como uma excelente base para maquiagem, agindo no controle de todas as causas do brilho, proporcionando a sensação de uma pele limpa e seca ao longo do dia. O produto teve sua formulação a partir do complexo antibrilho que conta com Perlita e Micropartículas Secantes, que auxiliam no combate à umidade e oleosidade excessivas, além de Ácido Salicílico e Fibras de Nylon, que vão atuar uniformizando e matificando a pele.

4. Sigma Beauty | Brush SPA Glove
A nova luva para limpeza de pincéis da Sigma Beauty, apresenta quatro texturas diferentes, para pincéis de rosto e olhos, que facilitam e agilizam a limpeza dos pincéis, deixando-os ainda mais limpos que a limpeza tradicional. As texturas (wash, rinse, refine e shape) ajudam a limpar profundamente as cerdas fazendo uma lavagem mais eficaz. A luva é composta de silicone de alta qualidade e ainda conta com uma luva de microfibra para aumentar o conforto durante o procedimento.

5. La Roche-Posay | Substiane [+] UV
A nova versão de Substiane [+] UV conta agora com com proteção solar contra os raios UV. O produto traz em sua composição o ativo Linactyl, com redobrada ação antirrugas, e tem FPS 15 (que age sobre os raios UVB) e PPD 9 (que age sobre os raios UVA). Obtido a partir da semente de linhaça, o extrato Linactyl é rico em ômega 3 e age em duas frentes: protege e estimula a produção das fibras de colágeno.

6. L’Oréal Paris | Serum Revitalift Total Repair 10
Revitalift apresenta o Serum Total Repair 10: um sérum multitratamento com ação intensa e eficácia comprovada, que apresenta resultados visíveis a partir de 1 hora de uso. A fórmula do Serum Revitalift Total Repair 10 melhora o relevo cutâneo e combate os 10 sinais da idade, mesmo aqueles acentuados pelos raios UV.


Serviço:

Avon
www.avon.com.br
0800 708 2866
La Roche-Posay
www.laroche-posay.com.br
0800 701 1552
L’Oréal Paris
www.lorealparis.com.br
0800 701 6992
Revlon
www.frajo.com.br
0800 773 3450
Sigma Beauty
www.sigmabeauty.com
atendimento@sigmabeauty.com
Vichy
www.vichy.com.br
0800 701 1552

Testei: Base Clarins Skin Illusion

Clarins Skin Illusion
Preciso confessar: estava super ansiosa para fazer esta resenha! De todos os produtos de maquiagem que eu tenho, base e máscara para cílios são os que eu mais compro, mas base é ainda mais acentuado. Quando comecei a me maquiar, a primeira base que usei era a extinta e saudosa Base Ultra Fluida da linha Única da Natura (que se ainda existisse, eu com certeza ainda estaria comprando) e de lá pra cá experimentei muita, mas muita coisa mesmo! Diversas texturas e diversas marcas, das mais baratinhas às luxuosas. E este é o ponto em que eu me encontro atualmente, nos produtos de luxo. Isso significa que só bases importadas e que custam uma pequena fortuna que são boas? Definitivamente não. Felizmente o mercado nacional está investindo e agora temos bases para todos os bolsos e gostos, mas este é o produto que eu estou usando e comprá-lo foi uma decisão bem pensada.

 

Há alguns meses eu estava querendo a Skin Illusion da Clarins. Quem me apresentou à esta base foi a Cinthia Ferreira do Makeup Atelier dizendo que era uma das bases que ela mais gostava. Então ela me deu uma “amostrinha” da própria base que ela tinha, apenas para eu sentir a textura e desde então não consiguia pensar em nenhuma outra base.

Clarins Skin Illusion

Skin Illusion é uma base hidratante isenta de óleo que reflete a luz, graças a combinação perfeita de ingredientes minerais e extratos de plantas que contém o concentrado puro de luminosidade. O complexo Light Optimizing e os pigmentos Pink Opal conseguem, com a ajuda de uma mescla de ingredientes únicos, hidratar e proteger continuamente a tez.

A Skin Illusion não é uma base especialmente desenvolvida para peles oleosas. Ela não tem como proposta manter a pele matificada e controlar o brilho, mas ela é oil free e não comendogênica, ou seja, apesar de não controlar a oleosidade, é uma opção para peles oleosas e com tendência à acne. O grande diferencial dela em relação as demais bases que eu tenho é a textura: ela é muito leve e confortável, não parece que você está usando maquiagem. Mas apesar disso, ela não deixa a desejar na cobertura. Não é uma base como a Velvet da Contém 1g, que realmente cobre tudo, mas ela fica entre uma cobertura leve e média, ideal para o dia a dia.

Clarins Skin Illusion

Como ela não matifica a pele eu acabo usando o Blot da M·A·C na zona T, onde tenho mais oleosidade. Não gosto de passar no rosto todo, porque o acabamento da Skin Illusion é muito bonito: deixa a pele super natural e radiante. Então, se você gosta daquele efeito mais seco, com certeza esta não é uma base para você. Mas apesar disso, não sinto que ela deixa a pele mais oleosa no final do dia. Meu rosto fica oleoso sim, mas como ficaria se eu estivesse sem maquiagem, ou um pouquinho menos se eu uso o pó matificante por cima.

É uma base que tem boa duração (minha cor é a 110 Honey), transfere muito pouco e tem um ótimo rendimento: com um ou dois pumps é possível cobrir o rosto todo deixando um aspecto bem bonito. Eu costumo usar o F80 Flat Kabuki da Sigma Beauty para aplicar, mas a textura é tão boa que o acabamento fica perfeito mesmo quando aplicada com os dedos ou com um pincel tradicional de base. Outra coisa que eu gostei muito nela é a fragrância: geralmente as bases tem todas um cheiro meio parecido, mas esta é, digamos assim, “perfumada”. É um cheirinho muito, mas muito bom! Para quem não gosta, não há com o que se preocupar: é um perfume bem suave e que some na pele.

Clarins Skin Illusion

A Skin Illusion é um investimento. Não é uma base barata e que você vai na farmácia e compra. No meu caso, valeu muito a pena porque estou apaixonada por ela e com certeza compraria de novo. Se você está pensando em comprar uma base mais cara, vale incluir esta na lista e procurar em perfumarias para testar: com 30ml ela está custando R$190,00 na Época Cosméticos Perfumaria.

Avaliação Final: 5 estrelinhas.

Favoritos de Janeiro

Favoritos de Janeiro

Clarins | Skin Illusion [comprar]
Mostrei esta base no post de favoritos de dezembro, mas eu continuei usando muito a Skin Illusion no mês passado, então ela está aqui de novo. Estou com o post da resenha dela pronto, só faltam mesmo as fotos, mas adianto que estou apaixonada por ela. Não é uma base especialmente feita para peles oleosas, mas ela é oil free e não deixa a pele mais oleosa do que já é. Esta base também tem uma textura bem levinha e deixa a pele radiante e natural.

Maybelline | Pure Makeup Base [resenha]
Esta foi outra base que eu usei muito no mês passado, à título de fazer resenha para vocês e também por ter gostado dela como uma boa opção para quem tem pele oleosa. Ela é uma base que ajuda a regular a oleosidade da pele e tem ácido salicílico na formulação. A cobertura é bem levinha e ela é ideal para usar no dia a dia. Outro ponto bem positivo é que é um produto fácil de ser encontrado e com um preço bem acessível.

Maybelline | Pure Makeup Pó Compacto [resenha]
Junto com a base, usei bastante o pó da mesma linha Pure Makeup da Maybelline. Achei o pó muito bom para matificar a pele e carregar na bolsa, porque ele realmente tira todo o brilho e deixa a pele super sequinha. Eu não usaria ele sozinho, pois na minha opnião, a cobertura não é tão boa assim para isto. Se o objetivo é ter um pó-base, a Pureness da Shiseido ou a Studio Fix Powder da M·A·C são uma opção melhor e mais eficaz.

quem disse, berenice? | Sombra Marrondito [resenha]
Não é novidade (principalmente para quem me segue no Instagram que eu estou apaixonada pelos produtos da quem disse, berenice?. Acho que fui umas cinco vezes na loja nos últimos três meses. Mas enfim, no mês passado (e na verdade, desde que eu comprei essa sombra) eu usei em todas as maquiagens que eu fiz, a sombra Marrondito. Um tom de marrom curinga que vai bem em qualquer maquiagem e ocasião. Além de tudo, o produto é super macio e pigmentado.

quem disse, berenice? | Máscara para Cílios Pretute
Outro produto da quem disse, berenice? que eu estou usando exaustivamente é a máscara de cílios. Eu escolhi a fórmula de volume com o aplicador que dá mais volume e estou amando o resultado! Ela dá um volume bem legal, não acumula nem empelota e apesar de não ser à prova d’água, é bem resistente. Mesmo nos dias mais quentes ela não escorre nem carimba a pálpebra. O preço também é super bacana: a máscara de cílios com o aplicador, saem em torno de R$30 que é mais ou menos o preço das máscaras de cílios da Maybelline.

Dicas | Escolhendo a Cor da Base

Como vocês perceberam, fiquei alguns dias longe do blog. Meu computador deu seus “últimos suspiros” no dia 31/01 e tive que comprar um novo às pressas, mas ele acabou demorando alguns dias para chegar e eu ainda precisei transferir todos os meus arquivos, instalar os programas que eu preciso para trabalhar e bem… Isso acabou atrasando os posts, a fan page também está parada, mas estou de volta! E tem muitos, mas muitos posts mesmo esperando para serem publicados, então aguardem!

 

Na última “pergunta da semana” da fan page (corre lá para curtir: www.facebook.com/lipstickcorner), eu perguntei qual era a maior dificuldade de vocês na hora de escolher uma base e a resposta foi unânime: cor. Antes de dar algumas dicas para ajudar na hora da escolha é importante dizer que pela internet, escolher a cor de uma base sem nunca ter visto ela ao vivo é 70% de sorte e 30% de pesquisa. A variação de cores entre os monitores bem como a variação de cores que ocorre entre fotografias e até mesmo entre as amostras de cores da lojas virtuais, contribuem muito para que você acabe com uma cor mais clara ou mais escura. A melhor coisa é sempre testar a base ao vivo antes de bater o martelo.

Dicas | Escolhendo a Cor da Base