Categoria: rosto

Testei: Shu Uemura Óleo de Limpeza Fresh Pore

Testei: Shu Uemura Óleo de Limpeza Fresh PoreJá faz algum tempo que eu estou ensaiando esta resenha, mas como comprar este produto não é tão simples assim, acabei adiando, adiando, adiando até que resolvi falar mais sobre este produto. Já comentei aqui no blog que sou adepta de uma técnica de limpeza facial chamada double cleansing, muito popular na Ásia. Como o nome sugere, o double cleansing consiste de duas etapas: primeiro uma limpeza profunda e eficaz com um óleo de limpeza e depois a aplicação de um sabonete ou gel facial, para remover qualquer resíduo de óleo ou impureza que o óleo não tenha conseguido remover. Este método é mais eficiente, porque remove até os poderosos protetores solares asiáticos, que costumam exigir uma limpeza pesada da pele.

Mas óleo no rosto pode? Não só pode como o azeite de oliva é um dos melhores demaquilantes para a área delicada dos olhos: ele “derrete” até a maquiagem a prova d’água e ainda condiciona os fios. No caso deste óleo da marca japonesa Shu Uemura, ele é perfeito para as peles oleosas que sofrem com poros dilatados.

Testei: Shu Uemura Óleo de Limpeza Fresh Pore

O Óleo de Limpeza Shu Uemura Fresh Pore é um óleo leve, com poder de limpeza extraordinário. Elimina os problemas mais comuns dos poros – poros dilatados e entupidos que podem tornar-se cravos. Remove com eficiência a maquiagem e impurezas dentro dos poros, ao mesmo tempo em que mantem a hidratação natual da pele. Com a ajuda do Complexo Sakura, este óleo miniminiza os poros, removendo o excesso de óleo e deixando a pele visivelmente mais uniforme. Indicado para peles normais a oleosas e para peles acneicas.

Me interessei por este produto primeiro pela praticidade: atualmente preciso de dois demaquilantes, sendo um bifásico para os olhos e um aquoso para o rosto. Entre muitos algodões e depois ainda lavar o rosto, vai um tempo que eu poderia economizar com o óleo de limpeza. Para utilizá-lo, basta estar com as mãos secas e aplicar três ou quatro pumps na mão, massagear o produto pelo rosto todo e depois enxaguar: em contato com a água, ele fica leitoso e sai por completo, não deixando nenhum resquício de óleo, ou sensação pegajosa na pele. Até parece “mágica”, porque o Fresh Pore remove até as máscaras para cílios mais difíceis, como a The Colossal Volum’ Express da Maybelline.

Eu ainda lavo o rosto depois com um gel de limpeza, mas esta segunda parte torna-se até desnecessária, tamanho é o poder de limpeza deste produto. Ele limpa muito mais do que todos os sabonetes que eu já usei. E a melhor parte é que mesmo limpando tudo, quando enxugo o rosto, a pele está super macia, sem repuxar e completamente limpa! Já aconteceu algumas vezes, de eu inclusive limpar o rosto com este óleo e simplesmente ir dormir: no dia seguinte, meu rosto, que sempre acorda com um pouquinho de oleosidade, estava sequinho! A única coisa que não posso afirmar é se ele ajuda ou não a diminuir a aparência dos poros dilatados, porque não uso diariamente.

Testei: Shu Uemura Óleo de Limpeza Fresh Pore

No fim, só consigo encontrar três pontos negativos em relação ao óleo de limpeza Shu Uemura:

  1. A vista fica momentaneamente embaçada quando aplicado nos olhos;
  2. O redimento não é dos melhores;
  3. Infelizmente ele não é baratinho.

Eu comprei dois (em compras separadas) com 150ml na Sasa em uma promoção em que o frete era gratuito. Na época paguei em torno de $30 em cada um, o que dá aproximadamente R$70, ou seja, o preço não é mesmo amigo. Atualmente a loja só disponibiliza uma versão com 400ml que sai pela bagatela de $73,40 (OUCH!). É realmente uma pena porque este óleo é incrível!

Sei que a Bioré e a Etude House também tem seus óleos de limpeza, embora nunca tenha experimentado, é para eles que irei correr quando meu segundo óleo Shu Uemura acabar.

 

Detalhes da nota:

Embalagem

5/5

Textura

5/5

Eficácia

5/5

Rendimento

3/5

Preço

2/5

Avaliação Final: 4 estrelinhas

 

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi adquirido pela autora.

Testei: Effaclar Gel Concentrado Desincrustrante

Effaclar Gel Concentrado Desincrustrante Um dos grandes mitos em relação a pele oleosa, é achar que ela deve ser limpa diversas vezes ao dia. Para quem ainda não sabe, o excesso de limpeza na pele oleosa causa uma produção ainda maior de sebo, mais conhecida como “efeito rebote”: ao remover completamente a oleosidade, seu organismo entende que a pele está desprotegida, afinal, o óleo é uma barreira de proteção natural contra a perda excessiva de água e assim sendo, começa a produzir uma quantidade ainda maior de sebo para repor aquilo que foi removido.

Sabendo disso, a higienização deve ser feita duas vezes ao dia: pela manhã e a noite. A grande questão é encontrar um gel ou sabonete adequado para a pele oleosa e acneica. Eu não posso reclamar muito, já usei produtos muito bons e estou há algum tempo usando o Cleanance Gel da Avène, que não tem sabão e é bem suave. Mas, chega uma hora que eu enjôo de usar sempre os mesmos produtos, então quando recebi o Gel Concentrado Desincrustrante da linha Effaclar da La Roche-Posay, tratei de inclui-lo na minha rotina de cuidados faciais.

Effaclar Gel Concentrado Desincrustrante

Effaclar Gel Concentrado Desincrustrante limpa e desobstrui os poros profundamente graças à sua combinação única de Ácido Salicílico e LHA. Sua fórmula concentrada e desincrustrante reduz a oleosidade e a produção de óleo.

Usei o produto por quase dois meses, sempre à noite. Comecei usando duas vezes ao dia, mas agora no inverno, minha pele fica mais sensível, resseca e descama com facilidade e como este produto é bem potente, diminui a frequência do uso. Ele é sim, muito potente, mas a grande vantagem é que ele não deixa a pele ressecada, nem com aquela sensação de estar “repuxando” causada pelo desequilíbrio do pH. Muito pelo contrário: após lavar o rosto, o toque é macio e sedoso e ao aplicar o tônico, o algodão sai limpinho, sem nenhum resíduo de sujeira.

O gel é bem líquido e isso faz com que ele renda bastante, inclusive porque é indicado pelo fabricante que você coloque uma pequena quantidade de produto nas mãos, faça espuma e só então aplique no rosto úmido – e ele espuma muito! A fragrância é muito suave, levemente resfrescante e é essa a sensação que o produto deixa na pele: uma leve refrescância. Nada de gelado, mas é aquela coisa gostosa de pele bem limpinha e livre da oleosidade excessiva – eu amo maquiagem, mas no final do dia, não tem nada melhor do que lavar o rosto e senti-lo limpo e “respirando”.

Effaclar Gel Concentrado Desincrustrante

Sobre ajudar a controlar a oleosidade ou limpar os poros, confesso que é uma coisa muito difícil de ser mensurada. O gel é o primeiro produto que usamos e depois dele, vem muitos outros que também auxiliam no controle da oleosidade. Talvez minha pele tenha comportado-se melhor durante o período em que o usei o produto, não duvido da eficácia, mas a percepção disso na pele é difícil. No geral, em comparação a outros produtos, até mesmo o da Avène que citei no começo, tenho a impressão de que a oleosidade da minha pele fica um pouquinho mais controlada com o uso do Effaclar pela noite.

E para quem está pensando que por ser um dermocosmético o Effaclar Gel Concentrado Desincrustrante, pode ser uma boa surpresa, porque não é, nem de longe dos mais caros: a bisnaga com 60ml tem o preço sugerido de R$24,90 e a versão de 150ml sai por R$41,90. Ou seja, vale muito a pena!

 

Detalhes da nota:

Embalagem

4/5

Textura

4/5

Eficácia

5/5

Rendimento

5/5

Preço

5/5

Avaliação Final: 4,6 estrelinhas

 

Disclaimer | O produto mostrado nesta postagem foi enviado por uma marca ou assessoria de imprensa, mas a publicação deste texto não é remunerada. O Lipstick Corner se recusa a aceitar produtos de marcas ou assessorias que exijam a publicação de resenhas para preservar a opinião, negavita ou positiva, da autora.

O que eu tenho usado? | Área dos Olhos

Há muito tempo eu fiz este post contando um pouco sobre os produtos que eu estava usando para a área dos olhos. O tempo passou – e muito! – e eu mudei completamente esta rotina: uso dois produtos diferentes agora, um para uso noturno e outro diurno. Muitas marcas passaram por aqui e atualmente, o que está no meu armário em uso, são dois hidratantes, um da L’Oréal Paris e outro da Neutrogena.

O que eu tenho usado? | Área dos Olhos

L’Oréal Paris | Derma Genesis Contorno dos Olhos
Estou usando este hidratante desde maio e apesar de ser um produto bem hidratante, em pouco mais de um mês e meio de uso, não vi grandes diferenças em relação a intensidade das olheiras. Mas ele deixa a área bem hidratada e com um ar de “descanso”. Comprei para usar à noite e estou gostando. Não é o melhor hidratante para os olhos da face da Terra, mas para quem está procurando por um produto levinho ou tem poucas rugas e linhas de expressão, é uma boa pedida.

Neutrogena | Ultra Light Contorno dos Olhos
Comprei este no mesmo dia em que comprei o da L’Oréal, mas este da Neutrogena eu uso durante o dia. Ele tem uma textura leve também e é hidratante, mas fora isso, não parece ter muitos outros benefícios. Não notei nenhuma melhora em bolsas ou na cor das olheiras até agora, mas comprei com a intenção de ser um hidratante levinho para o dia, que ajudasse na fixação do corretivo e não deixasse a área oleosa. Isto ele cumpre bem!

Lancôme | Hydra Zen Yeux
Este era o hidratante que eu estava usando antes do Derma Genesis e do Ultra Light. Ele não é anti-rugas, é apenas um hidratante anti-fadiga, ou seja: diminui o inchaço e o aspecto de cansaço da área. Para ser sincera, me arrependi de não ter comprado outro. Ele realmente atenua as bolsas e é muito leve! Não deixa a pálpebra oleosa e mesmo não diminuindo muito o aspecto escuro das olheiras, é um dos melhores hidratantes para a área dos olhos que já usei! Este vidrinho com 15ml (tamanho “padrão” deste tipo de produto), durou bons cinco meses aqui, então foi um investimento que compensou.

Ainda tenho aqui o Redermic Hyalu [C] Olhos da La Roche-Posay, que promete pele mais firme, rugas atenuadas e contorno dos olhos uniforme e luminoso; e o Multi-Definition Sérum Hidratante da Contém 1g, que promete hidratação, maciez e suavidade. Ainda não tive a chance de experimentar nenhum dos dois, mas o da La Roche-Posay em especial me parece muito promissor!

A verdade é que já usei muitos, mas muitos hidratantes para a região dos olhos ao decorrer dos anos. Alguns indicados pela minha dermatologista, outros comprei de curiosa, mas no fim, o que eu realmente aprendi é que: creme nenhum resolve olheiras. Elas são um problema que pode passar desde fatores genéticos e hormonais até pelo estilo e hábitos de vida de cada uma. Além da cirurgia e tratamentos mais abrasivos luz pulsada, não há uma “cura definitiva” para as olheiras. Custe seu creme R$10 ou R$1000. É claro que alguns são mais eficazes do que outros, pois possuem formulações diferentes: o Liftactiv Retinol HA Yeux da Vichy por exemplo, tem efeito tensor imediato e deixa a pálpebra lisinha – eu sei porque já usei e nunca me esqueço do quanto fiquei impressionada em ver as linhas das bolsas sumirem.

Mesmo tendo certeza de que por hora, só o corretivo salva a carinha de panda, continuo investindo nestes produtos, já que esta é uma região super delicada e que sofre muito com as agressões do dia a dia (aliás, vocês passam protetor solar na área dos olhos?). Ainda tenho alguns produtos na lista como o It’s Potent! da Benefit, mas estou tentada à voltar para a Lancôme e Vichy mais para a frente.

Vocês já usaram algum “creme milagroso” para os olhos?

Testei: SkinCeuticals Blemish + Age Defense

Testei: SkinCeuticals Blemish + Age DefenseQuem tem a pele oleosa e acneica e já está na fase adulta, sabe como é complicado lidar com cravos e espinhas “fora de época”, digo isto pois é um quadro mais comum na adolescência. Mas eis que acne não tem idade e tem diversos graus. Eu tenho muitos cravos e ocasionalmente algumas espinhas, uma ou outra. Há muito tempo eu venho testando produtos que ajudem a controlar a produção excessiva de óleo e que, consequentemente, ajudem a diminuir o aspecto de poros dilatados, cravos e o aparecimento de espinhas.

Nesta busca, acabei me interessando por um lançamento da SkinCeuticals, marca que até então eu só conhecia por algumas amostras que ganhei – aliás, preciso dizer que o antioxidante Phloretin CF, mesmo que eu tenha usado uma amostrinha, foi um dos melhor produtos que usei nos últimos tempos. O Blemish + Age Defense é um serum que promete unir em uma mesma fórmula, agentes anti-idade e que combatam a acne.

Testei: SkinCeuticals Blemish + Age Defense

Blemish + Age Defense é um sérum oil-free especialmente desenvolvido para reduzir as imperfeições* enquanto corrige os sinais do envelhecimento. A combinação dinâmica de LHA, ácido salicílico e ácido dióico controla a produção de óleo, diminui a diferença de tonalidade e previne o aparecimento da acne. O ácido glicólico e o cítrico, por sua vez, minimizam as linhas finas e rugas, suavizam a textura áspera e melhoram as irregularidades da superfície da pele. *imperfeições como oleosidade, diferença da tonalidade e acne.

Confesso que pesquisei um pouco e pensei bastante antes de comprar o Blemish + Age Defense, porque ele é um produto, muito, mas muito caro mesmo! E diferente do que possa parecer, nos Estados Unidos a SkinCeuticals também é uma marca cara, ou seja, não tem muito por onde fugir. Mas como eu estava sem nenhum tratamento anti-acne para ser usado durante o dia, então resolvi investir. Pela manhã lavo meu rosto com um gel de limpeza, aplico um hidratante para a área dos olhos, tônico adstringente, o Blemish + Age Defense, um hidratante facial e por fim meu protetor solar. Não utilizo ele à noite pois já tenho outros produtos para aplicar e prefiro não sobrepor um ao outro.

Este produto tem uma embalagem que lembra muito um frasco de remédio, mas todos os produtos da SkinCeuticals tem a mesma característica. Ele vem com um conta gotas e você aplica de quatro a cinco gotas no rosto limpo. A textura é bem líquida, quase como se fosse uma “água”, então ele espalha com facilidade e é rapidamente absorvido pela pele sem deixar resíduos ou sensação de pele oleosa e pegajosa, pelo contrário, o toque é completamente seco. Depois da aplicação, principalmente se você como eu, resolver colocar as gotinhas na palma da mão e depois aplicar no rosto, é importante lavar as mãos. Os ácidos do produto fazem uma espécie de “peeling” na pele e quando aplicados em alta concentração, a pele descama. Minha mão descamou quase inteira, mas isto não acontece no rosto, podem ficar tranquilas.

Testei: SkinCeuticals Blemish + Age Defense

Indo ao que interessa, comecei a usar o serum no começo de maio, então já fazem dois meses. Durante este tempo, percebi que a oleosidade da pele já reduziu um bocado e a textura também está muito diferente: o rosto parece mais macio, sem aquele relevo irregular que era característico da minha pele. Algumas manchinhas começaram a clarear um pouco, mas nenhuma delas sumiu completamente – para falar a verdade, eu também não espero que isto aconteça. Não senti nenhuma redução significativa na quantidade de cravos e poros dilatados, mas depois de dois meses de uso, fui ter uma espinha esta semana. Eu geralmente tenho uma ou outra no período pré-menstrual, mas nos últimos meses isto não aconteceu. Como o Blemish + Age Defense é o único produto diferente que eu comecei a utilizar, devo atribuir isto a ele. Em resumo: no geral o produto cumpre muito bem o que promete, à exceção dos poros e cravos que eu realmente não vi nenhuma grande melhora ainda.

Segundo a marca, ele tem rendimento de três ou quatro meses. Como eu estou usando uma vez ao dia e já fazem dois meses, o meu frasco não está nem pela metade ainda, então acredito que seja um investimento que irá compensar. Se você tem dúvidas se deve ou não comprar este produto minhas dicas são: ele é indicado para acne adulta, se você é adolescente ou converse com o seu dermatologista ou não compre, procure outras opiniões, fale com seu médico principalmente se você faz uso de outros produtos para acne ou produtos sensibilizantes. O Blemish + Age Defense é muito bom e eu com certeza vou continuar usando, mas cada pele tem suas características e necessidades diferentes.

Sobre o preço, ele varia. O meu eu comprei na Drogaria São Paulo e chorei um desconto, então saiu por mais ou menos R$175 se eu não me engano. Mas tem no próprio site da SkinCeuticals por R$199 e na Época Cosméticos Perfumaria por R$189,20. Caro, muito caro, mas eu achei que compensa.

 

Detalhes da nota:

Embalagem

4/5

Textura

5/5

Eficácia

4/5

Rendimento

5/5

Preço

2/5

Avaliação Final: 4 estrelinhas.

 

Disclaimer | Os links desta postagem tem como finalidade a consulta de preços e locais disponíveis para a compra do produto. O blog não é comissionado pelas vendas geradas através destes links.