Arquivo: abril 2011

Vitrine

1. Seda Pro Color
Com a exclusiva tecnologia Color Protect, que une agentes anitoxidantes e bioqueratina, Seda Pro Color mantém a cor dos fios por quatro semanas, até a próxima ida ao salão, e ajuda a recuperar os danos causados pelo processo químico. Os agentes antioxidantes protegem o cabelo, ajudando a evitar o desbotamento. Já a bioqueratina ajuda a proteger o interior dos fios, influenciando em seu brilho e maciez.
Preço sugerido: Shampoo R$4,70 | Condicionador R$6,00

2. Revlon ColorStay Liquid Eye Pen
O delinieador ColorStay Liquid Eye Pen possui uma ponta de feltro que proporciona maior controle na aplicação e permite criar linhas suaves até dramáticas. É formulado com pigmentos Carbon Black, para um resultado de cores intensas e para deslizar suavemente.
Preço sugerido: R$45,90

3. St. Ives Piel de Naranja
O creme corporal Piel de Naranja, da St. Ives, reduz significativamente a celulite e contém substâncias como chá verde, reconhecido por combater os radicais livres e a cafeína, que estimula a circulação da pele. Piel de Naranja é tembém um poderoso hidratante que deixa a pele perfumada e fresca.
Preço sugerido: R$35,00

4. Avon Renew Platinum
Renew Platinum oferece a exclusiva tecnologia Paxillium, desenvolvida especialmente para pessoas com mais de 60 anos ou com sinais muito avançados de envelhecimento. Com proteção UVA/UVB ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele, além de melhorar em até 33% as rugas na testa após 4 semanas de uso.
Preço sugerido: R$78,00

5. Beauty Candy
As já conhecidas beautycandy® ganham uma nova embalagem, mais prática, com 12 unidades, que podem ser levadas em qualquer lugar, como uma dose diária de beleza. Assim como o pacote maior, a nova embalagem do produto pode ser encontrada em quatro sabores (framboesa, limão, laranja e morango), com diferentes benefícios e que vão trazer a beleza para uma nova dimensão.
Preço sugerido: R$5,50


Serviço:

Avon
www.avon.com.br
0800 708 2866
beauty’in
www.beautyin.net.br
faleconosco@beautyin.net.br
Revlon
www.frajo.com.br
0800 773 3450
Seda
www.seda.com.br
0800 707 4471
St. Ives
0800 55 9619

Testei: Blush NYX Cosmetics

Falar de blush não é uma das tarefas mais fáceis. Não é só a variedade de cores que interessa: a pigmentação e a durabilidade também são fatores a se levar em consideração. E claro que, sempre que pensamos em bons blushes, logo pensamos em MAC, Kryolan, Lancôme, Dior e afins, marcas que são referência em qualidade mas aqui no Brasil estão longe da realidade ($$$) de muitas, certo? E as marcas nacionais como Natura, Contém 1g, Boticário e outras, também andam pesando a mão nos preços, quase como se qualidade significasse automaticamente preços altos. E por que eu comecei falando justamente sobre os preços? Porque é um dos maiores atrativos do blush em questão, o blush da NYX.

 

Textura sedosa, alta pigmentação, com cores quentes e frias, opacas e cintilantes. Fácil de esfumar, dá um toque saudável em seu rosto de forma supernatural.

Comprei este blushes da NYX em uma promoção do famoso Cherry Culture, onte todas as compras tinham 20% de desconto. Eu já tinha outros produtos da marca e gostava deles, como não tenho uma grande variedade de cores de blush, achei que estes poderiam ser uma boa. A embalagem é simples, de plástico, mas bem bonitinha e resistente. Ao todo, a NYX tem 26 cores diferentes do produto e quatro acabamentos: matte, satin, lustre e frost. Partindo desta enorme variedade, o blush já ganha pontos, porque as marcas nacionais costumam ter 5 ou 6 opções de cores para uma gama infinita de tons de pele.

A pigmentação do produto também é MUITO boa. Os únicos blushes que eu tenho além destes que são bem pigmentados é o Felice da Tracta e o blush cor 03 da linha Aquarela da Natura. As cores que comprei foram a Spice (mais escura) e a Peach (mais clara) e, apesar da diferença de cores e do Peach ser mais claro, ele é pigmentado do mesmo jeito que o Spice. A duração de ambos também é muito boa! Claro que ele não dura o dia inteiro – na verdade não vi nenhum blush até hoje que durasse – mas ele fica bem por 5 ou 6 horas no rosto, depois precisa de um retoque.

Acima nos swatches eu passei ambos sem esfumar para vocês verem como eles são pigmentados. Eu gostei muito, mas muito mesmo destes blushes da NYX e estou até querendo comprar outras cores, porque são todas muito lindas! E, claro que, por um produto desta qualidade a gente espera pagar um preço absurdo, certo? E realmente aqui no Brasil ele custa mais de R$50,00 (o que acho um pouco caro) nos quiósques da própria marca, mas temos outras opções. A Dai do Dai Shop, por exemplo, vende estes mesmos blushes por encomenda e cada um sai por R$18,00 – um preço super em conta que vale a pena por um produto tão bom. Outra alternativa é o próprio Cherry Culture, onde cada um sai por $6.00 e esta minha última encomenda levou 20 dias para chegar. Vale a pena MESMO!

Avaliação FInal: 5 estrelinhas.

Evento: Vichy Normaderm – Guia da Pele Oleosa

No começo do mês a Vichy apresentou seu mais novo lançamento da linha Normadem para peles oleosas e acneicas: o Normaderm Tri-Activ. Quem acompanha o blog há mais tempo sabe que eu sou fã desta linha e inclusive já resenhei aqui o Normaderm Tratamento Hidratante Anti-Imperfeições, produto que eu uso há muito tempo e que, mesmo que eu tenha outros hidratantes para o rosto, nunca sai do armário. Eis que meu queridinho foi reformulado e bom, já que sou uma usuária fiel quis logo saber qual a diferença entre a versão “antiga” e a nova, mas antes de chegar aos finalmentes da formulação (que vou deixar pra outro post para não ficar muito grande), conversamos com a farmacêutica da Vichy a fim de desvendar mitos e quais os cuidados que devemos ter com a pele oleosa.

Vocês sabiam que 60% da população brasileira tem pele oleosa? Pois é, não somos apenas nós que sofremos deste mal. E mais ainda: este é um dos motivos que mais leva as pessoas para os consultórios de dermatologia. E vocês sabem porque tanta gente sofre com este problema? Bem, são diversos os fatores que podem levar à produção excessiva de sebo, entre eles:

  • Hereditariedade
  • Idade – entre a puberdade e a fase de adulto jovem, a produção de óleo é muito alta
  • Período do dia – entre 12h e 15h/14h a oleosidade também é maior
  • Fatores hormonais
  • Estress
  • Poluição
  • Agressões químicas – produtos inadequados ao seu tipo de pele
  • Calor e umidade – um aumento de 1ºC na temperatura pode elevar em até 10% a oleosidade

“Pouquíssimos” fatores, hein? E todos eles levam aquele quadro velho conhecido de brilho excessivo, poros dilatados, cravos e espinhas. E claro que todos estes aspectos tem uma causa.

Como vocês devem saber, quem produz a oleosidade da pele são as glândulas sebáceas. A diferença entre uma pele seca ou normal para uma pele oleosa, não está na quantidade de glândulas e sim na intensidade com que elas trabalham, ou seja: quem tem pele seca tem menor atividade destas glândulas, enquanto a pele oleosa apresenta maior intensidade. Além disto, a testosterona (hormônio presente em homens e mulheres), está também ligada à produção excessiva de oleosidade: quando metabolisada pelo organismo através de uma ensima, transforma-se em dihidrotestosterona, a forma ativa do hormônio que causa a produção excessiva de óleo. Este excesso, por sua vez, dificulta a eliminação do sebo na pele, gerando um ciclo de imperfeições: começam a aparecer os cravos (brancos e pretos) e as espinhas.

As espinhas… Aquele assunto que todo mundo teme, poucas pessoas sabem da onde vem e como resolver. O que acontece é: quando a glândula sebácea encontra alguma dificuldade em liberar a oleosidade, ela começa a se acumular dentro dos folículos pilossebáceos (da onde saem os pêlos). Quando este acúmulo chega na superfície e encontra uma camada de células mortas, há um bloqueio da saída deste sebo o que, por sua vez, ocasiona os cravos brancos. Já os pretos acontecem quando o poro não está obstruído e há uma oxidação do sebo acumulado, assim como seu escurecimento e enrijecimento. Ambas as situações são propícias para a proliferação de bactérias. Uma vez dentro deste ambiente, elas irão causar uma inflamação do folículo, ou seja, a espinha. Resumindo: a acne é favorecida pelo excesso de oleosidade, acúmulo de células mortas e proliferação intensa de bactérias.

Sabendo de tudo isto, fica ao menos mais fácil entender o que acontece na pele para assim, procurar um produto adequado que auxilie no combate à todos estes problemas, ou seja, um produto que:

  • Reduza o brilho da pele conferindo um aspecto matificado
  • Regularize o relevo cutâneo
  • Diminua o aparecimento de cravos e espinhas
  • Não resseque a pele

É aí que entra a nova fórmula do Normaderm Tri-Activ: um produto que possui ação tripla pois trabalha contra as imperfeições da pele, tem ação matificante e ainda proporciona hidratação contínua por 24hrs. Entre as diferenças para o produto anterior estão os novos ativos: ácido salicílico, ácido glicólico e LHA, que prometem uma espécie de “peeling” que irá impedir o acumulo de células mortas, estimular a renovação celular, além de esfoliar a pele diariamente de maneira suave e eficaz. A fórmula do produto é hipoalergênica e livre de parabenos, ou seja, ele foi formulado de maneira a diminuir possíveis reações alérgicas. Eu recebi um, vou testar e conto pra vocês se gosto da novidade ou se prefiro a versão anterior.

Evento: Wella Professionals Blondor

Há algumas semanas atrás, estive no centro técnico da Wella aqui em São Paulo para a apresentação do novo clareador Blondor, mas não aquele kit que compramos em farmácias e perfumarias para descolorir pêlos e cabelos. Foi apresentado o novo sistema de descoloração profissional da Wella que deve agradar – e muito! – não só quem já é loira, mas também aquelas que sempre sonharam em ser. Aliás, este foi um dos pontos mais discutidos no bate-papo mediado por Chris Nicklas e com a presença do colorista Rick Wellmann, da engenheira química Sonia Corazza, do gerente de educação da Wella Professionals, AJ Medeiros e do makeup artist Marcelo Hicho. Porque, segundo Rick Wellmann, toda mulher, ao menos uma vez na vida quis ser loira (será?).

Embora o desejo de ser loira mora nos fios de muitas, alguns pontos devem ser observados. Nem todo mundo fica bem de loiro. Eu por exemplo, ao perguntar para o próprio Wellmann se poderia ter os cabelos no tom da atriz Jennifez Aniston, ele foi bem taxativo: não. Para o meu tom de pele, nem mesmo o mel escuro de Jennifer Lopez ficaria bonito. Quem é morena clara e de pele amarelada ou oliva, deve optar por tons mais escuros nos fios, para criar contraste com o rosto, dando vida à figura. Já as mais clarinhas, podem ir até para os loiros mais brancos e platinados. Outra jogada interessante, é misturar tons de loiro quentes e frios para fazer um Ombré Blond, mais natural e bonito.

Além das tendências de cabelo, Marcelo Hicho também deu uma prévia do que veremos para esta próxima estação: de novo a pele é o foco e deve sempre estar o mais natural possível, com base, corretivo e pó bem trabalhados. Já para as loiras ele dá a dica: tons rosados, neutros e boca escura favorecem estas tonalidades, mas sempre com ‘parcimônia': boca escura pede olhos mais suaves assim como olhos mais carregados pedem uma boca mais neutra.

Claro que, nem tudo se resumiu à conversa. Rick Wellmann demonstrou no palco uma nova técnica para fazer mechas e reflexos, da qual ele substitui o uso do papel alumínio por um tecido de algodão. Isso deixa o tempo de ação do descolorante um pouco mais demorado, mas a aplicação do produto é mais rápida, além de ser ecologicamente correto (já que o tecido é biodegradável) e minimizar os possíveis danos causados pelo procedimento. Sim, o processo de descoloração causa danos na estrutura capilar por isso a escolha do profissional e do produto são tão importantes: elas podem minimizar os problemas. Esta, de fato, é uma das promessas de Blondor que, além das novas embalagens, vem com formulação renovada que promete proteger os fios do amarelamento.

Blondor Multi Blonde Powder
Referência mundial em descoloração, Blondor Multi Blonde Powder possui tecnologia triclareadora com as as eficientes moléculas Anti-Yellow, que asseguram resultados precisos de louro e entregam o tom desejado sem o indesejado “amarelamento” causado por outros descolorantes. Blondor alcança até sete graus de clareamento e é altamente flexível, podendo ser usado em múltiplas aplicações e em diferentes proporções de mistura.

Blondor Soft Blonde Cream
Combina a melhor performance em descolaração com a máxima suavidade para os cabelos e o couro cabeludo, graças à sua fórmula com Bisabol, ingrediente extraído da camomila. Sua consistência cremosa garante uma mistura rápida, de aplicação simples, uniforme, fácil de enxaguar e com perfume neutro. O produto é especialmente recomendado para técnicas no couro cabeludo e possui lipídios que revestem os fios, protegendo-os da desidratação e da quebra.

Além dos produtos, foi apresentada a nova coleção de Blondor que oferece três serviços diferentes para alcançar loiros quentes e frios em diferentes resultados de acordo com a criatividade do hairstylist e do desejo da cliente.

Blondor Impact
Ideal para quem é confiante e busca um look louro de afirmação. Blondor Impact clareia o tom do cabelo, produzindo deslumbrantes resultados de louro na sua forma mais pura, para o máximo impacto.

Blondor Impression
Ideal para qume busca efeitos notáveis de louros, criando mesclas requintadas. Blondor Impression enriquece o cabelo e engrandece o visual, obtendo resultados multifacetados. Très chic!

Blondor Infusion
Ideal para a introdução ao mundo dos louros, ou seja, para quem não pensava em usar esta tonalidade, enfatizando o estilo pessoal com efeitos individuais. Blondor Infusion é perfeito para criar efeitos para complementar variados looks ou mesclar o cabelo com mechas louras.

Para quem descolore os fios, esta é uma novidade e tanto que promete deixar os fios mais saudáveis e com a cor desejada.

Mas vocês acham mesmo que uma vez na vida pelo menos temos o desejo de ser loiras? Eu já tentei me imaginar assim e nunca tive vontade nem curiosidade para tentar. Quem já foi loira e agora voltou a ser morena? Quem já teve a vontade fez e não se arrepende? Contem suas experiências “loirísticas”!